Madureira x Fluminense

Cícero é um dos artilheiros do Fluminense nesse ano (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
04/04/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Sem Gerson – com virose – Levir Culpi optou por jogar com Cícero mais adiantado contra o Madureira, no último sábado. Novamente, ele foi decisivo e marcou duas vezes, se igualando a Fred na artilharia do Fluminense na temporada, com seis gols cada. Assim, cresce ainda mais a possibilidade do técnico manter o meia mais adiantado:

– É possível usar ele mais à frente sim. Tem um número dele que é admirável, tem muitos gols, 152 na carreira. Ele tem a aproximação, a visão de conclusão muito acima da média. Pode ser usado nesta função sim. Estamos analisando – disse Levir Culpi na coletiva pós-jogo.

Os números de Cícero poderiam, tranquilamente, ser comparados com o de alguns atacantes. Com 152 gols em toda a carreira, o meia falou sobre o posicionamento dentro de campo e citou o momento da partida como primordial para ser utilizado mais a frente ou mais atrás:

– A questão do posicionamento depende da situação do jogo, de acordo com que o professor Levir (Culpi) decidir. Tem o que é melhor ser segundo volante, tem outro que rende estar mais na frente. Hoje (sábado) aconteceu de o Gerson não poder atuar. O importante é que estamos ganhando o jogo – afirmou Cícero, depois de ter marcado duas vezes no Moacyrzão.