icons.title signature.placeholder Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Matheus Babo
27/08/2015
09:01

A campanha do Fluminense no Campeonato Brasileiro Sub-20 é avassaladora. Em dez jogos, o Tricolor conquistou noves vitórias e empatou apenas um jogo. Com um aproveitamento quase perfeito na competição, o time do técnico Luiz Felipe tem alguns jovens que já vem se destacando com a camisa tricolor e que não devem demorar muito para serem aproveitados na equipe de cima.

No elenco, os principais destaques do Fluminense na competição são o zagueiro Ygor Nogueira, o lateral-esquerdo Leonardo, o volante Douglas, o meia Danielzinho e o atacante Matheus Pato. Todos eles já treinaram entre os profissionais. O último, inclusive, chegou até a ser relacionado para o duelo contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro dos profissionais.

A equipe tricolor deve entrar em campo com Matheus, Breno Santos, Derlan, Ygor Nogueira e Leonardo; Luiz Fernando, Bonilha (Douglas) e Danielzinho; Marquinhos, Pedro e Matheus Pato.



O LANCE! resume um pouco do estilo de jogo de cinco jogadores do Tricolor:

Ygor Nogueira

Técnico, é muito bem visto pela diretoria e tem o estilo de jogo parecido com o de Marlon. Já treina com os profissionais com certa rotina. Durante o período de treinamentos do time profissional em Mangaratiba antes do Campeonato Brasileiro, foi chamado pelo então técnico Ricardo Drubscky para participar. Deve ser um dos próximos nomes de Xerém a ser promovido.

Leonardo

Também conhecido como Léo Pelé, o lateral-esquerdo se destaca pela força física e velocidade. Já chegou a atuar nos profissionais em 2013, quando Vanderlei Luxemburgo perdeu todos os laterais por lesão e acabou promovendo o jovem. Com Giovanni e Breno Lopes machucados, pode ganhar nova oportunidade no profissional

Luiz Fernando

Chegou a integrar os profissionais do Tricolor no primeiro semestre, mas acabou descendo para participar da segunda fase do Campeonato Brasileiro Sub-20. É um dos líderes da equipe e reveza a braçadeira de capitão com o zagueiro Nogueira. É um jogador de muita marcação e se destaca pelo vigor físico.

Douglas

É um dos grandes destaques do time na competição. Segundo volante de velocidade, que marca com muita disposição e ainda sai para o jogo. Começou a treinar com os profissionais após o bom desempenho na competição. É um nome que agrada a comissão técnica dos profissionais e pode ficar fora do primeiro jogo da final porque esteve com o elenco profissional na viagem para Belém. Já marcou cinco gols no Brasileiro Sub-20, onde é vice-artilheiro.

Danielzinho

É o jogador mais técnico do time. Canhoto e muito habilidoso, chamou atenção da torcida após grandes atuações e alguns lances de efeito. Veste a camisa 10 e tem um estilo de jogo clássico. Pode subir aos profissionais neste ano para treinar e ganhar algumas oportunidades no ano que vem, assim como aconteceu com Gerson.

Matheus Pato

Renovou contrato com o clube recentemente. É o artilheiro da competição, com seis gols marcados. Grande e forte, é centroavante, mas também sai da área para buscar o jogo. Tem boa técnica e se destaca pela qualidade nas finalizações. Já chegou a ser relacionado por Enderson Moreira para o jogo contra o Avaí.

A campanha do Fluminense no Campeonato Brasileiro Sub-20 é avassaladora. Em dez jogos, o Tricolor conquistou noves vitórias e empatou apenas um jogo. Com um aproveitamento quase perfeito na competição, o time do técnico Luiz Felipe tem alguns jovens que já vem se destacando com a camisa tricolor e que não devem demorar muito para serem aproveitados na equipe de cima.

No elenco, os principais destaques do Fluminense na competição são o zagueiro Ygor Nogueira, o lateral-esquerdo Leonardo, o volante Douglas, o meia Danielzinho e o atacante Matheus Pato. Todos eles já treinaram entre os profissionais. O último, inclusive, chegou até a ser relacionado para o duelo contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro dos profissionais.

A equipe tricolor deve entrar em campo com Matheus, Breno Santos, Derlan, Ygor Nogueira e Leonardo; Luiz Fernando, Bonilha (Douglas) e Danielzinho; Marquinhos, Pedro e Matheus Pato.



O LANCE! resume um pouco do estilo de jogo de cinco jogadores do Tricolor:

Ygor Nogueira

Técnico, é muito bem visto pela diretoria e tem o estilo de jogo parecido com o de Marlon. Já treina com os profissionais com certa rotina. Durante o período de treinamentos do time profissional em Mangaratiba antes do Campeonato Brasileiro, foi chamado pelo então técnico Ricardo Drubscky para participar. Deve ser um dos próximos nomes de Xerém a ser promovido.

Leonardo

Também conhecido como Léo Pelé, o lateral-esquerdo se destaca pela força física e velocidade. Já chegou a atuar nos profissionais em 2013, quando Vanderlei Luxemburgo perdeu todos os laterais por lesão e acabou promovendo o jovem. Com Giovanni e Breno Lopes machucados, pode ganhar nova oportunidade no profissional

Luiz Fernando

Chegou a integrar os profissionais do Tricolor no primeiro semestre, mas acabou descendo para participar da segunda fase do Campeonato Brasileiro Sub-20. É um dos líderes da equipe e reveza a braçadeira de capitão com o zagueiro Nogueira. É um jogador de muita marcação e se destaca pelo vigor físico.

Douglas

É um dos grandes destaques do time na competição. Segundo volante de velocidade, que marca com muita disposição e ainda sai para o jogo. Começou a treinar com os profissionais após o bom desempenho na competição. É um nome que agrada a comissão técnica dos profissionais e pode ficar fora do primeiro jogo da final porque esteve com o elenco profissional na viagem para Belém. Já marcou cinco gols no Brasileiro Sub-20, onde é vice-artilheiro.

Danielzinho

É o jogador mais técnico do time. Canhoto e muito habilidoso, chamou atenção da torcida após grandes atuações e alguns lances de efeito. Veste a camisa 10 e tem um estilo de jogo clássico. Pode subir aos profissionais neste ano para treinar e ganhar algumas oportunidades no ano que vem, assim como aconteceu com Gerson.

Matheus Pato

Renovou contrato com o clube recentemente. É o artilheiro da competição, com seis gols marcados. Grande e forte, é centroavante, mas também sai da área para buscar o jogo. Tem boa técnica e se destaca pela qualidade nas finalizações. Já chegou a ser relacionado por Enderson Moreira para o jogo contra o Avaí.