LANCE!
11/03/2018
23:04
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense fez o dever de casa e venceu o Nova Iguaçu, neste domingo (11), no Maracanã, pela 5ª rodada da Taça Rio. Mas nem tudo pôde ser comemorado. O pior momento da partida ficou com o goleiro Júlio César, que falhou feio no gol marcado pela equipe da Baixada. Na saída de campo, o atleta esbravejou contra o estado do gramado para justificar seu erro.

- Notória a vergonha que ficou a implantação do Maracanã. A bola quica e faz uns movimentos. A gente vai para fazer o movimento e a bola muda de direção. Uma vergonha a reforma que fizeram no Maracanã - declarou à Rádio Globo.

A falha aconteceu aos 21 minutos do segundo tempo, quando o goleiro deu rebote em cobrança de falta numa bola fácil de ser defendida. Outro que disparou contra o estado do gramado foi o técnico Abel Braga, que também saiu em defesa de Julio César.

- Quando cheguei, alguns companheiros foram a campo e me apavoraram. Disseram que estava tudo desnivelado. Pelo tempo que foi, até achei que estava bom. Mas o gol saiu por causa do gramado - disse na coletiva.

A reclamação é compreensível. O Maracanã ficou fechado por 43 dias para realização de shows e não recebeu partidas no mês de fevereiro. O lado positivo ficou com Pedro, autor do primeiro gol do Flu, que valorizou seu faro de gol ao marcar na única chance que teve.

- Se sobrar vou empurrar pro gol. Tive uma oportunidade e matei. Vou estar sempre bem colocado e esperando a chance - afirmou.