LANCE!
14/11/2017
12:52
Belo Horizonte (MG)

Com a saída de Giovanni e William Matheus em janeiro, Léo tornou-se o único lateral-esquerdo do elenco na maior parte do ano. Consequentemente, virou titular absoluto. Querido por Abel e contestado pela torcida, só perdeu espaço após a chegada de Marlon no segundo semestre. Agora, com a suspensão do camisa 6, o garoto revelado em Xerém terá nova chance na equipe.

Naturalmente, perder a titularidade é motivo de desânimo. Mas, para Léo, o saldo da temporada é positivo na carreira. O jogo desta quarta, contra o Corinthians, significa uma marca alcançada pela primeira vez no clube.

- Vou completar a minha meta de 50 jogos no ano. Tinha isso na cabeça, de 75 jogos, jogar uns 50, o que é uma média muito boa. Fico feliz de estar nesse grupo maravilhoso - afirma o camisa 15, satisfeito com o desempenho.

- Para coroar esse ano precisamos de uma vitoriazinha para sair dessa situação.

A rejeição da torcida, por pouco, não tirou o lateral das Laranjeiras na janela de transferências do meio de ano. Em julho, o jogador esteve perto de acertar com o Genoa (ITA) e a comissão tricolor chegou a subir o jovem Mascarenhas das divisões de base para compor elenco. O negócio melou e Léo deve permanecer no clube na próxima temporada. Nada que o deixe insatisfeito.

- Só tenho que agradecer por estar jogando, jogo contra o Corinthians, série A de Brasileirão. Não tenho que resmungar nada esse ano, só agradecer.