Wellington Silva, lateral-direito do Fluminense (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

Lateral-direito Wellington Silva destaca a reta final do Campeonato Brasileiro para o Fluminense (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

LANCE!
05/11/2015
07:10
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense já está planejando 2016 fora de campo. A diretoria vem negociando a renovação dos contratos de alguns jogadores e mapeando o mercado. Já está apalavrada com o zagueiro Matheus Ferraz (Sport) e o meia Felipe Amorim (América-MG), mas para manter o foco nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro, uma ambiciosa meta foi traçada: vencer todos jogos na competição nacional.

A primeira vitória já veio. Foi no domingo passado, no clássico diante do Vasco, quando o Tricolor venceu por 1 a  0, no Nilton Santos. E os mais experientes do elenco são os que vem tentando fazer com que o grupo tenha esse objetivo sempre em mente, apesar de saber que é natural que venha um relaxamento por ter jogos sem ambições até o fim do ano.

– Conversando entre nós, temos o objetivo de tentar ganhar os seis jogos. Já foi um, que era importante, um clássico e tínhamos tempo que não vencíamos o Vasco. Agora faltam cinco. Vamos ver no que vai dar. Estamos caminhando bem. Vamos respeitar os adversários. Falamos entre nós que vamos tentar ganhar tudo. O objetivo até o fim do Brasileirão é esse – disse o lateral-direito Wellington Silva, que está próximo de renovar por mais dois anos.

O vice-presidente de futebol Mário Bittencourt ressaltou que os jogadores não farão corpo mole e cita que conseguir cinco vitórias nos cinco jogos que restam ao time no Brasileirão pode colocar o clube em uma posição que o classifique diretamente para as oitavas de final da Copa do Brasil em 2016, assim como ocorreu nesta temporada. Dessa forma, facilitaria até logística do próximo ano.

– Com relação às partidas que nos restam, queremos terminar o campeonato de maneira vitoriosa. Ainda visualizamos, quem sabe com cinco vitórias, possamos até atingir uma vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil. Acho que não tem que haver nenhum tipo de registro nesse sentido, e o Fluminense entra em campo sempre para vencer – explicou o dirigente.

Além da Chapecoense, neste sábado, às 21h (de Brasília), no Maracanã, o Fluminense terá pela frente os seguintes times: Grêmio (Arena Grêmio), Avaí (Maracanã), Internacional (Maracanã) e Figueirense (Orlando Scarpelli).