Atualmente defendendo o Shanghai SIPG, da China, argentino Conca foi ídolo do Fluminense e também jogou no Vasco

Darío Conca atuou pelo Fluminense entre 2008 e 2011 (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
22/10/2016
15:30
Rio de Janeiro (RJ)

Ídolo da torcida do Fluminense, o argentino Darío Conca atualmente defende o Shanghai SIPG, da China. Mesmo assim, o meio-campista manifestou-se e declarou apoio ao Celso Barros, candidato à presidência do Fluminense e com quem trabalhou durante sua passagem pelas Laranjeiras entre 2008 e 2011. 

Ex-presidente da Unimed, Celso Barros é um dos quatro candidatos ao pleito presidencial, que será realizado no dia 26 de novembro. Mário Bittencourt (Fluminense de Domina), Cacá Cardoso (Fluminense Forte e Unido) e Pedro Abad (candidato da situação) são os demais candidatos à presidência, que terão as chapas oficializadas apenas na primeira quinzena de novembro. 

Atuando nas 38 rodadas do Campeonato Brasileiro de 2010, Conca foi o grande nome do Fluminense na conquista do título nacional.  Recentemente, Celso Barros comentou o sonho de repatriar o jogador e ídolo  argentino caso seja eleito presidente do Fluminense na eleição de novembro.

- Gostaria muito, como já fiz outras duas vezes. Mas primeiro nós precisamos vencer a eleição -  disse Celso Barros em sua rede social ao ser questionado sobre o Conca, que chegou ao Flu em 2008, saiu em 2011 e retornou em 2014.

Com o fim da parceria com a Unimed, Conca - que tinha contrato com o Flu por três temporadas - acabou deixando o clube no fim de 2014, indo para o Shanghai SIPG, seu atual clube. O atleta tem mais dois anos de contrato com o clube chinês, e recebe de salário um valor em torno de R$ 2 milhões mensais.

Confira abaixo o vídeo gravado pelo meia Darío Conca em apoio ao C. Barros.