LANCE!
22/04/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Marcos Júnior tem apenas 23 anos, mas já viveu muita coisa no mundo da bola mesmo com pouco tempo de carreira profissional. Promovido em 2012 no Fluminense, chegou como promessa em um elenco recheado de estrelas do nível de Deco, Fred, Thiago Neves e Abel Braga como técnico. O início foi meteórico. Gols, sucesso e títulos. O então jovem de 19 anos foi destaque na decisão do Carioca e bem utilizado no Brasileirão daquele ano.

O sucesso subiu a cabeça de Marcos Júnior, que hoje entende isso. Mas os anos seguintes não foram fáceis. Em 2013, o time sofria dentro de campo. Nada funcionava e os resultados eram ruins. No ano seguinte, o Fluminense decidiu dar rodagem para o atacante. O emprestou ao Vitória. O clube baiano foi rebaixado para a Série B e Marcos Júnior, em má fase, pensou até em abandonar o futebol. De volta às Laranjeiras em 2015, quase foi emprestado ao futebol húngaro, mas ficou. E terminou o ano como titular.

– Teve um tempo no Flu que eu ouvi muitas críticas, estava para ser emprestado, diziam que eu não tinha valor. Mas o mundo da bola dá voltas. Queria muito agradecer ao Enderson, um técnico muito importante para mim em 2015. Ele me deu muita moral. Acho que se não fosse ele, eu não estaria no Fluminense disputando esse título – lembrou.

E Marcos Júnior deve muito a Enderson Moreira mesmo. Autor do gol do título da Primeira Liga, o atacante voltou a ter oportunidades de jogar com o treinador na época em que o time estava bem no Campeonato Brasileiro de 2015. Vieram Eduardo Baptista, posteriormente Levir Culpi, ele seguiu atuando. E o gol foi para um menino que mesmo muito jovem, mudou a vida do jogador:

– Sempre sonhei em fazer gol numa final pelo Fluminense, onde cresci. Esse título vai para esta torcida maravilhosa. Quando vi aquela bola dei o último gás. Emocionante. Primeira vez que acontece isso. Vai ficar marcado na minha vida. Minha família estava aí. Meu filho também, o Pedrinho.

Manuel Carlos, Pedrinho e todos os tricolores comemoram esse título. O gol de Marcos Júnior foi para todos eles. O Flu é campeão.