LANCE!
29/12/2016
14:47
Rio de Janeiro (RJ)

A nova diretoria do Fluminense prometeu reformular o elenco profissional, mas, até o momento, foram poucas as definições visando o ano de 2017. Henrique Dourado é um dos jogadores que segue com o futuro em aberto.

Contratado em julho, o centroavante não se firmou no Tricolor, marcando apenas dois gols no Brasileiro. A direção do Flu está disposta a negociá-lo, mas o salário alto tem dificultado o empréstimo do camisa 89. A Chapecoense, clube que o Ceifador já defendeu, foi um dos clubes interessados em contar com o atleta, mas as negociações esfriaram por conta dos valores.

A saída de Henrique Dourado, que tem contrato até 2020, seria vista com bons olhos pela diretoria do Flu, que procura aliviar a folha salarial. A iminente transferência de Cícero para o São Paulo encaixa-se nesta mesma condição, já que o camisa 7 tem um dos salários mais altos do elenco tricolor.