Gustavo Scarpa - Fluminense x Chapecoense

Scarpa tem convicção de que o time tricolor poderia ter feito mais nesta quinta (NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.)

LANCE!
15/09/2016
22:29
Mesquita (RJ)

Foi quase que consenso: o Fluminense fez um bom primeiro tempo, nesta quinta-feira, embora tenha traduzido a superioridade apenas em um gol. Porém, a mesma impressão de domínio inicial entendeu que a segunda etapa tricolor diante da Chapecoense deixou muito a desejar. O meia Gustavo Scarpa, por exemplo, entende que foi o time da casa que permitiu o crescimento do rival no jogo.

- Deixamos eles jogarem. Mudamos o estilo de jogo e deu errado. Nós sabemos que o time da Chapecoense é chato e aconteceu de novo a derrota. Nós somos profissionais, jogadores rodados, temos que tentar nos colocar bem independentemente do esquema tático. Não deu certo. Fazer o quê? Não podemos abaixar a cabeça. Agora temos que pensar no Grêmio, na partida de domingo, para buscarmos um resultado positivo - analisa.

A torcida do Fluminense criticou muito não o time, mas o técnico Levir Culpi após o fim do jogo. Apesar do time desejado pela torcida, as substituições que mexeram no desempenho não surtiram efeito.