Campeonato Carioca-Fluminense x Botafogo (foto:Cleber Mendes/LANCE!Press)

Clássico no Raulino de Oliveira teve algumas divididas fortes (foto:Cleber Mendes/LANCE!Press)

Felippe Rocha
13/03/2016
20:48
Enviado especial Volta Redonda (RJ)

Foi no apagar das luzes. Quando ninguém mais esperava, o Fluminense empatou o jogo com o Botafogo, na noite deste domingo, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Clássico Vovô terminou 1 a 1, com gols de Ribamar e Gum, gosto de vitória para o time das Laranjeiras e de derrota para o Glorioso.

Antes de a partida começar, Jefferson precisou vestir a camisa número 2 do uniforme cinza. A arbitragem entendera que a roupa do goleiro alvinegro se confundia com as camisas pretas dos seus companheiros. Seis minutos depois, o Tricolor foi quem tomou a iniciativa, diante de um rival que demorou alguns minutos até encaixar a marcação. Mas o primeiro lance de real perigo foi apenas aos dez minutos, quando Ribamar aproveitou uma saída de bola errada. Mas o chute do atacante canhoto do Botafogo saiu com a direita, e foi para fora.

Aos 14 minutos, Diego Souza cobrou falta na barreira e, no rebote, levantou para Edson. Renato Chaves completou para o gol, mas o impedimento do volante tricolor já havia sido marcado. No minuto seguinte, o Glorioso fez boa jogada pela direita e Airton chutou por cima da meta.

O Botafogo teve mais posse de bola até o fim do primeiro tempo. Contudo, os chutes foram bloqueadas pelos defensores. No intervalo, os jogadores de linha do Botafogo voltaram de branco, e Jefferson pôde vestir novamente seu uniforme tradicional.

O time de Ricardo Gomes tratou de abrir o placar logo aos três minutos do segundo tempo: Rodrigo Lindoso puxou contra-ataque e tocou para Airton na direita. O camisa 8 cruzou e a bola sobrou para Gegê, que chutou e Ribamar desviou para o gol.

Levir Culpi logo mexeu no time, mas o Tricolor não respondia. Ao contrário: aos 25 minutos, Emerson cobrou falta no travessão e, dois minutos depois, tentou do meio de campo encobrir Diego Cavalieri, mas a bola foi por cima.

Aos 37 minutos, Cícero teve chance, mas Jefferson pegou. No último lance, aos 47 minutos, Gum cabeceou para o gol, após escanteio cobrado por Gustavo Scarpa. Frustração para os alvinegros e alívio para os tricolores.

FLUMINENSE 1 X 1 BOTAFOGO
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/Hora: 13/3/2016, às 18h30
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Auxiliares: Eduardo Couto (RJ) e Carlos Henrique Filho (RJ)
Cartões amarelos: Renato Chaves, Giovanni, Marlon, Carli, Airton e Bruno Silva
Gols: Ribamar (3'/2ºT) e Gum (47'/2ºT)
Renda/Público: R$ 106.560,00 / 4.378 pagantes

FLUMINENSE: Diego Cavelieri, Wellington Silva, Renato Chaves (Gum, 9'/2ºT), Marlon e Giovanni; Edson (Felipe Amorim 27'/1ºT), Cícero, Gustavo Scarpa, Diego Souza (9'/2ºT) e Marcos Júnior; Osvaldo - Técnico: Levir Culpi.

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva (Fernandes, 44'/2ºT) e Rodrigo Lindoso; Salgueiro (Neilton, 17'/1ºT) e Gegê; Ribamar - Técnico: Ricardo Gomes.