icons.title signature.placeholder Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Matheus Babo
27/08/2015
13:04

O Fluminense desembarcou no Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira após garantir a classificação para às quartas de final da Copa do Brasil com uma vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, no Mangueirão, com os holofotes em cima do médico do clube. Arthur Nogueira falou sobre a fratura no nariz sofrida pelo volante Edson após uma disputa de bola com o atacante Betinho. Segundo Nogueira, o camisa 8 tricolor passará por uma reavaliação com o departamento médico nesta sexta-feira para saber se terá condições de encarar o Atlético-MG, domingo, no Maracanã.

- Levou uma pancada no nariz. Um trauma de face importante. Ficou desacordado no gramado, levamos para exames e foi diagnosticada uma fratura no osso do nariz.  Ele vai ser avaliado por um bucomaxilofacial para podermos avaliar quando ele pode ser aproveitado para jogos e treinos - explicou Arthur.

Questionado sobre quais são as limitações de Edson, o médico do Fluminense falou que o jogador ainda sente muita dor e que o local ainda está muito inchado, prejudicando uma avaliação de um especialista. Caso seja liberado para encarar o Galo, o camisa 8 vai ter que usar uma máscara de proteção.

- Vamos reavaliar amanhã (sexta-feira). Hoje ainda está muito inchado, vamos ter observá-lo de novo. As limitações dele para jogar domingo são dor, inchaço e falta de proteção. Tem que ser feita uma máscara especial para isso. A máscara fica pronta rápido. O problema é o especialista avaliar a gravidade do problema e a necessidade ou não de um procedimento cirúrgico. A príncipio, achamos que não vai precisar da cirurgia - finalizou.


Momento da cotovelada de Betinho em Edson (Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

O Fluminense desembarcou no Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira após garantir a classificação para às quartas de final da Copa do Brasil com uma vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, no Mangueirão, com os holofotes em cima do médico do clube. Arthur Nogueira falou sobre a fratura no nariz sofrida pelo volante Edson após uma disputa de bola com o atacante Betinho. Segundo Nogueira, o camisa 8 tricolor passará por uma reavaliação com o departamento médico nesta sexta-feira para saber se terá condições de encarar o Atlético-MG, domingo, no Maracanã.

- Levou uma pancada no nariz. Um trauma de face importante. Ficou desacordado no gramado, levamos para exames e foi diagnosticada uma fratura no osso do nariz.  Ele vai ser avaliado por um bucomaxilofacial para podermos avaliar quando ele pode ser aproveitado para jogos e treinos - explicou Arthur.

Questionado sobre quais são as limitações de Edson, o médico do Fluminense falou que o jogador ainda sente muita dor e que o local ainda está muito inchado, prejudicando uma avaliação de um especialista. Caso seja liberado para encarar o Galo, o camisa 8 vai ter que usar uma máscara de proteção.

- Vamos reavaliar amanhã (sexta-feira). Hoje ainda está muito inchado, vamos ter observá-lo de novo. As limitações dele para jogar domingo são dor, inchaço e falta de proteção. Tem que ser feita uma máscara especial para isso. A máscara fica pronta rápido. O problema é o especialista avaliar a gravidade do problema e a necessidade ou não de um procedimento cirúrgico. A príncipio, achamos que não vai precisar da cirurgia - finalizou.


Momento da cotovelada de Betinho em Edson (Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)