Técnico do Flu afirma que equipe não teve atitude contra o Inter

Pressionado, o técnico Eduardo Baptista venceu a segunda partida na temporada com o Tricolor das Laranjeiras

Patrick Monteiro
14/02/2016
22:34
Volta Redonda (RJ)

Com a goleada sobre do Tigres o Brasil, na noite deste domingo, o Fluminense passou a ter o melhor ataque do Campeonato Carioca. A equipe, que vem recebendo críticas devido ao início irregular na temporada, também pôde comemorar o fato de não ter visto sua meta ser vazada, algo raro em 2016. O técnico Eduardo Baptista ressaltou a tranquilidade de seus comandados na comparação com o compromisso anterior no Estadual.

- Hoje nós conseguimos controlar, fomos mais ansiosos contra o Madureira. São 11 gols em três jogos (12 em toda a competição) - lembrou ele, que destacou o bom desempenho da defesa tricolor.

- Importante. Às vezes, o torcedor quer que chegue no gol toda hora, mas tem que saber a hora de matar o jogo - frisou.

Pressionado, Baptista reforçou que prefere manter a calma em momentos desfavoráveis. Para ele, os atletas do elenco também devem seguir este caminho.

- Fico muito tranquilo quanto a isso. A gente procura se desligar. Eu foco no jogo, peço aos atletas para não entrar nessa pilha. Acho que o jogador que está no Fluminense não pode sofrer interferência disso.

Pelo Carioca, o Fluminense só volta a campo no domingo, quando enfrenta o Flamengo em Brasília-DF. Antes, porém, mede forças com o Cruzeiro, pela Primeira Liga, na quarta-feira, em Belo Horizonte (MG), às 19h30.