Wellington durante o treinamento do Flu nesta segunda-feira (Mailson Santana/Fluminense F.C.)

Após cumprir suspensão contra a Chapecoense, Wellington volta ao time  (Mailson Santana/Fluminense F.C.)

LANCE!
18/09/2016
07:15
Rio de Janeiro (RJ)

Após a derrota por 2 a 1 para a Chapecoense em casa, a primeira em Edson Passos, o Fluminense tenta sacudir a poeira para não se afastar da luta por uma vaga no G4 do Brasileiro. Por isso, o time tenta dar a volta por cima já
neste domingo, às 16h, na Arena do Grêmio, contra o Tricolor gaúcho, rival direto por uma vaga no grupo dos quatro primeiro colocados do Brasileirão.

O Flu está em sétimo lugar, seguido pelo Grêmio. Ambos estão com 37 pontos, a cinco do Santos, quarto colocado. Por conta disso, a partida ganha em importância. Em caso de derrota, o Fluminense pode ver a vantagem para o G4 aumentar e ainda ser ultrapassado por um adversário direto na luta pela classificação para a competição continental.

Ciente disso, o atacante Wellington, que volta ao time após cumprir suspensão, diz que o Tricolor vai para buscar os três pontos, independente de o jogo ser fora de casa.

– Temos bons jogadores, mas o outro lado também. Nossa sequência agora é muito difícil, e será importante para nós, se quisermos mesmo brigar lá em cima, precisamos vencer, independentemente de serem fora de casa – disse o jogador.

O revés para o time catarinense não desanimou o Fluminense na busca por uma vaga na Libertadores de 2017. Segundo Wellington, tirando Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG, os outros times estão embolados e tudo está muito equilibrado.

– Se você observar a tabela, está todo mundo junto. Só Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG um pouco mais em cima. Não tem jogo fácil. Tentamos a vitória em todos as partidas, mas nem sempre é possível. Todos estão trabalhando e buscando o melhor para conseguirmos as vitórias – analisou Wellington.

No entanto, para conseguir um triunfo o Flu terá que quebrar um tabu. Até hoje, o Tricolor não conseguiu vencer o Grêmio na Arena, inaugurada em 2012, atuando pelo Campeonato Brasileiro.

Como inspiração, o time de Levir Culpi pode usar o seu último confronto no estádio. Na ocasião, o Tricolor conseguiu uma classificação heroica para a semifinal da Copa do Brasil de 2015 ao empatar com o Grêmio em 1 a 1, com gol de Fred.