Richarlison Fluminense  (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

Richarlison foi um dos que mais perdeu chances de gol no Fluminense (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

RADAR/LANCE!
24/10/2016
17:25
Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores do Fluminense lamentaram o grande número de chances perdidas durante o empate por 1 a 1 com o Coritiba, no Couto Pereira. O resultado foi negativo para o Flu, que está em nono e briga por G6 e agora fica a dois pontos do Corinthians, sexto colocado.

Especialistas do LANCE! analisaram como o Tricolor pode resolver o problema da pontaria, que é um dos grandes obstáculos que o time de Levir Culpi precisa superar na disputa do Campeonato Brasileiro.

Luiz Signor, repórter do LANCE!

- Falta, acima de tudo, poder de decisão para muitos jogadores do Fluminense, como Wellington e Marcos Júnior, no momento de concluir. Em muitas oportunidades, eles apostam em mais um drible ou em um passe. Simplificar é tão importante quando buscar um companheiro ou tentar nova investida contra o adversário. Será que Levir Culpi não transmite isso durante os treinos?

Mas a questão principal para o fato de o Fluminense deixar a desejar quando tem chances de "matar" o jogo reside na ausência de um jogador que chame a responsabilidade para si. Fred, que era considerado "caro", é, curiosamente, o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Henrique Dourado, a grande aposta da diretoria, veio com contrato longo e salário alto e... é a última opção para o setor. Ter esse jogador faria toda a diferença, além de tirar o peso da responsabilidade em cima desses jogadores.

Matheus Dantas, repórter do LANCE!

- O time do Fluminense só solucionará a dificuldade em marcar gols com o tempo. Nas partidas, a impressão é de que falta tranquilidade na hora de dar a assistência para o companheiro e também na hora da finalização. Com a sequência de resultados ruins, a pressão só aumenta sobre o elenco, e cabe a Levir Culpi e os atletas mais experientes passarem confiança para os demais.