Fluminense x AtleticoPR (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)

Marcão assumiu o Flu após a demissão de Levir Culpi (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)

RADAR/LANCE!
17/11/2016
18:43
Rio de Janeiro (RJ)

O diretor executivo de futebol do Fluminense, Jorge Macedo, afirmou que o jejum de vitórias da equipe comandada por Marcão se deve a uma "falta de competência" do clube. O Tricolor está há sete jogos sem vencer e viu a chance de voltar a conquistar os três pontos ser perdida por Gustavo Scarpa, que desperdiçou um pênalti nos acréscimos do jogo contra o Atlético-PR.

- Sem dúvida alguma, a diretoria do Fluminense é a grande culpada por esse desempenho ruim do time no Brasileirão. Levir não fez o que dele se esperava, é verdade, mas a parcela maior de culpa precisa ir para a diretoria - comentou Luiz Signor, repórter do LANCE!.

A saída de Fred em junho após polêmica com Levir Culpi e salários altos acabou pesando. O atacante, que é um ídolo da equipe, é o artilheiro do campeonato, com 13 gols.

- A saída de Fred continua sendo nebulosa. Mas a promessa feita é que o então camisa 9 tricolor seria substituído. O time seguiria tendo uma referência no ataque, um líder. E quem veio foi Henrique Dourado, que (como já se imaginava) não rendeu o esperado. Ele ainda veio com salário alto e sendo comprado por um valor altíssimo. Richarlison era sim uma aposta. E uma aposta válida. Creio que ainda vá dar resultados. Ele tem margem de sobra para evoluir - disse.

Na 36ª rodada, o time das Laranjeiras encara a Ponte Preta, domingo, dia 20, às 17h (de Brasília), no Moisés Lucarelli. Após isso, a equipe pega o Figueirense e o Internacional. O Flu atualmente está em oitavo no Campeonato Brasileiro, com 49 pontos.

- Chegaram jogadores que não eram titulares em suas respectivas equipes e que também não atravessavam bons momentos. E podemos citar Dudu, Danilinho, William Matheus... É óbvio que o elenco não era qualificado o suficiente. E mesmo com tantas vagas disponíveis para a Libertadores, o Fluminense não faz o mínimo para se garantir no G6. Mesmo com todos seus concorrentes (e até o Botafogo passou a tropeçar) fazendo esforço para não terminar o Brasileirão entre os times que vão à Libertadores - completou o repórter.