Matheus Babo
12/04/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

O futuro de Fred será anunciado nesta terça-feira pela diretoria do Fluminense. A decisão será anunciada em entrevista coletiva do presidente Peter Siemsen e o diretor de futebol Jorge Macedo. O LANCE! transmite tudo em tempo real a partir das 15h.

O casamento que começou em 2009 sofreu abalo nos últimos dias. Insatisfeito e vivendo problemas de relacionamento com o técnico Levir Culpi, Fred – principal ídolo e referência do atual elenco – se reuniu com a diretoria no sábado e colocou seus argumentos na mesa. Junto com ele estavam seu irmão e empresário, Rodrigo Chaves, e seu assessor Francis Melo.

Parecendo saber de tudo pela imprensa, o técnico Levir Culpi limitou-se a dizer que aguardaria uma conversa com o capitão do time antes de tomar uma posição. O que Fred não gostou nesta curta relação com o treinador foi da forma como o comandante agiu durante o jogo contra o Madureira. Na descida para os vestiários, o camisa 9 deu bronca na molecada, pedindo para receber mais bolas. Levir viu, não gostou, e disse que não aceitaria aquele tipo de tratamento.

Fred respondeu dizendo ter respaldo para falar assim com os meninos de Xerém, pois sempre fez isso durante o tempo em que esteve no clube. Considerava-se uma espécie de padrinho da molecada. Novamente, Levir argumentou que ali existia uma hierarquia, quem mandava ali era ele e que não aceitaria esse tipo de comportamento.


Fred nunca foi unanimidade nas Laranjeiras. Mesmo com os gols, a idolatria e os títulos, o camisa 9 também coleciona polêmicas. A última vez em que criou um mal-estar com a diretoria foi ainda neste ano, quando recebeu uma oferta da China. Muitos do clube não gostaram da negativa do artilheiro, pois viam naquela situação a oportunidade perfeita para se livrar dos cerca de R$ 800 mil mensais que ele recebe.

Pouco tempo depois, Fred se reuniu com a diretoria e pediu aumento no salário. Queria receber cerca de R$ 1 milhão por mês. Ouviu um “não”. E pouco tempo depois, Levir chegou e as coisas se complicaram ainda mais para o atacante.


LEMBRE OUTRAS POLÊMICAS COM FRED

Departamento médico
Em 2010, o time lutava para ser campeão brasileiro e Fred para se recuperar de uma lesão na panturrilha direita. Em setembro, convocou uma coletiva, anunciou uma nova lesão no local, afirmando que foi prejudicado pelo departamento médico. O caso terminou com o pedido de demissão de Michael Simoni.

Caipisaquês
A primeira polêmica com a torcida aconteceu em 2011. Ele foi abordado por membros de organizadas na porta de casa e dois dias depois foi com Rafael Moura e quatro garotas estavam em um bar em Ipanema. O quarteto teria consumido mais de 60 caipisaquês e foi perseguido nas ruas do bairro.

Flórida Cup e Ronaldinho
Em 2015, o Fluminense foi disputar a Flórida Cup pela primeira vez e contava com Fred para ações de marketing, mas com 20 meses de direito de imagem atrasados, o camisa 9 se recusou. Neste ano, a situação se repetiu, mas muito pelo incômodo com a presença de Ronaldinho Gaúcho nos Estados Unidos, que foi um pedido da organização.