HOME - Estádio Radialista Mário Heleno em Juiz de Fora (Foto: Reprodução/Juiz de Fora)

Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, deve receber final da Primeira Liga (Foto: Reprodução/Juiz de Fora)

Vinícius Britto
29/03/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense está perto de definir o estádio em que será disputada a final da Primeira Liga. E o Mário Helênio, em Juiz de Fora, deve ser o palco da decisão. A diretoria tricolor já entrou em contato com a administração do estádio e a tendência é que o tricolor enfrente o Atlético-PR, no dia 20 de abril, no município de Minas Gerais.

Pesa a favor do estádio a maior proximidade com a cidade do Rio de Janeiro. Pensando no torcedor que mora no estado, o Fluminense quer exercer seu mando de campo no local de maior proximidade e comodidade para o torcedor carioca. Desta forma, o estádio Mané Garrincha, onde o tricolor exerceu o mando contra o Internacional, está previamente descartado.

Apesar de estar mandando alguns jogos em Los Larios e Volta Redonda, a cúpula descartou qualquer possibilidade de mandar a final no estado. Principalmente por conta da baixa capacidade de público dos estádios locais. Em Juiz de Fora, pode-se chegar até a 30 mil pessoas.

Na Primeira Liga, o Fluminense já mandou um jogo no Mário Helênico: na primeira fase, quando venceu o Criciúma por 2 a 0, com dois gols de Gerson. Mas o público foi uma decepção: somente 1.623 torcedores compareceram a partida. Na época, o local do jogo demorou a ser decidido e a venda de ingressos iniciou somente dois dias antes do confronto.

Também ocorreu uma mobilização nas redes sociais para que a diretoria tentasse mandar a decisão para o Maracanã. O próprio presidente Peter Siemsen se pronunciou afirmando ter tentado o estádio, mas acabou recebendo uma negativa por conta do show do Coldplay no dia 10, seguido pelo início da obras no estádio para a Olimpíada, no dia 11.