Gustavo Scarpa (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Meia já balançou as redes três vezes na temporada (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

LANCE!
23/02/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Aos nove minutos, ele quase abriu o placar, obrigando Paulo Victor a fazer grande defesa após chute forte com a perna esquerda. No segundo tempo, marcou o gol de honra do Fluminense, em uma de suas especialidades: a cobrança de falta. Polivalente e destaque tricolor no Fla-Flu, Scarpa repete a ascensão da temporada passada e começa o ano voando.

No clássico do último domingo, Scarpa atuou tanto no meio - jogando pela direita na trinca de meias com Diego Souza e Marcos Júnior - quanto na lateral esquerda, onde ele já quebrou o galho outras vezes no ano passado. E foi muito elogiado pelo técnico Eduardo Baptista na coletiva pós-jogo:

– O Gustavo sabe ajudar no meio e sabe ajudar no setor defensivo. Foi o melhor jogador nosso no segundo tempo. Ele é versátil, e em momentos que a gente acreditar que seja a hora dele atuar em uma dessas posições, nós iremos tomar a decisão - destacou o treinador.

O início de ano do apoiador é muito bom. Contando com os tentos contra Cruzeiro e Flamengo, Scarpa já soma cinco participações em gols (três marcando e duas dando assistências) nos sete primeiros jogos da temporada. No clássico, fez seu segundo gol de falta pelo Fluminense. Scarpa lembrou do incentivo do pai em treinar as cobranças e celebrou o tento:

– Meu pai sempre me incentivou a treinar bastante as cobranças para que eu consiga chegar na perfeição, para que eu me torne um grande batedor. No Fla-Flu, tive a oportunidade de bater uma falta e fui muito feliz. Sempre quis fazer um gol de falta, e sendo em um Fla-Flu, um duelo histórico, foi emocionante – destacou o camisa 40.

O meia comentou sobre o bom momento vivido por ele no Fluminense neste começo de ano, mas lembrou que precisa manter os pés no chão para alcançar os principais objetivos no clube:

- É claro que a parte individual é importante, mas o meu momento caminha junto com o do clube. O fim de 2015 e o começo de 2016 estão sendo muito bons para mim. Só tenho a agradecer por tudo isso que está acontecendo na minha carreira, mas tenho que manter os pés no chão, não ganhei nada, tenho muito a conquistar. Preciso comer muito arroz e feijão ainda - lembrou Scarpa.

Titular em todas as partidas do ano, Scarpa é nome certo ao lado de Diego Souza na trinca de meias do Fluminense. Diferente do ano passado, quando foi emprestado no início no começo da temporada para o RB Brasil e só veio a se firmar no segundo semestre, o meia inicia o ano da melhor forma possível, sendo peça chave para um possível sucesso do Flu na temporada.