Magno Alves

Magno Alves fez o gol da vitória contra o Figueirense e foi decisivo contra o Galo (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
14/09/2016
06:05
Rio de Janeiro (RJ)

O ataque do Fluminense vem recebendo uma atenção especial de Levir Culpi. Contratado para ser a referência na frente após a saída de Fred, Henrique
Dourado ainda não convenceu, assim como outras opções testadas, deixando a disputa pela vaga de centroavante aberta. Com as boas atuações nas últimas partidas, principalmente na vitória por 4 a 2 contra o Atlético-MG, o experiente
Magno Alves, de 40 anos, vem mostrando que pode ter mais uma oportunidade no time titular.

Contra o Galo, o Fluminense terminou a primeira etapa perdendo por 1 a 0. Na volta do vestiário, Levir já entrou com Magno Alves e o atacante mudou a partida para o Tricolor. O veterano deu mais opções na frente e participou de todos os gols. Deus três assistências e ainda sofreu a falta convertida em bola na rede com maestria por Gustavo Scarpa.

E não foi a primeira vez que Magnata saiu do banco e ajudou o Flu a sair com a vitória. Diante do Figueirense, o atacante entrou quando o time empatava em 2 a 2 e fez o gol da vitória com um belo peixinho. Contra o Botafogo o triunfo não veio, Magno Alves teve poucos minutos. Porém, criou uma boa chance, com chute da entrada da área que passou perto do gol alvinegro.

Levando em conta isso, Magno Alves pode ter a chance de começar jogando contra a Chapecoense. Ainda mais depois do que disse Levir após o triunfo sobre o Galo. O treinador contou que reuniu os centroavantes e avisou que será justo na escolha de quem começará jogando.

- Reuni os jogadores e disse que quero que eles façam justiça. Temos Pedro, Magno, Dourado, Samuel e Richarlison... Façam justiça. Pronto. O cara entra, faz gol, é ele. Não faz, está errado. Esse é problema das trocas pelo resultado. O Magno foi bem, fez o que eu esperava dele – disse o técnico.

Outra coisa que pesa a favor de Magnata é o apoio da torcida. A entrada do atacante é um pedido constante dos torcedores durante os jogos, principalmente em Edson Passos. Contra Figueirense e Atlético-MG, ele deu conta do recado. Agora resta saber se ele vai render o mesmo entrando como titular.