icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
09:02

Com uma campanha de nove vitórias e um empate no Brasileiro Sub-20, a equipe do Fluminense vem chamando atenção pela forma como vem jogando. Marcelo Veiga, coordenador técnico da base, explicou que adota filosofia única de jogo em todas as categorias na base. E essa filosofia vem trazendo bons resultados ao Tricolor.

Tendo como fundamentos da filosofia do Fluminense a posse de bola objetiva, busca constante por espaço, intensidade de jogo, prioridade no passe e no drible, recuperação da bola e Fair Play, o Tricolor seguiu seu caminho até a decisão sem tomar conhecimento dos seus adversários.

- Entendemos com nossos profissionais e em nossas viagens ao exterior que essa seria melhor filosofia para ser adotada. Nosso objetivo é conseguir fazer todo mundo perceber que a base do Fluminense é diferente das outras. Queremos que, se um torcedor assistir a dois times sem uniformes jogarem, ele reconheça o Fluminense apenas pela forma de atuar. Procuramos colocar os nossos times para jogarem um futebol bonito, que sempre foi marca do Fluminense. Já estamos conseguindo isso. Na grande maioria dos jogos, já conseguimos identificar nossa filosofia, mas isso é algo que leva algum tempo – contou o coordenador técnico da base Marcelo Veiga.

O Tricolor decide o Campeonato Brasileiro Sub-20 nesta quinta-feira contra o Vitória, às 16h30, no Maracanã. Esta será a primeira partida da final da competição. A entrada para o jogo será um quilo de alimento não perecível.

Com uma campanha de nove vitórias e um empate no Brasileiro Sub-20, a equipe do Fluminense vem chamando atenção pela forma como vem jogando. Marcelo Veiga, coordenador técnico da base, explicou que adota filosofia única de jogo em todas as categorias na base. E essa filosofia vem trazendo bons resultados ao Tricolor.

Tendo como fundamentos da filosofia do Fluminense a posse de bola objetiva, busca constante por espaço, intensidade de jogo, prioridade no passe e no drible, recuperação da bola e Fair Play, o Tricolor seguiu seu caminho até a decisão sem tomar conhecimento dos seus adversários.

- Entendemos com nossos profissionais e em nossas viagens ao exterior que essa seria melhor filosofia para ser adotada. Nosso objetivo é conseguir fazer todo mundo perceber que a base do Fluminense é diferente das outras. Queremos que, se um torcedor assistir a dois times sem uniformes jogarem, ele reconheça o Fluminense apenas pela forma de atuar. Procuramos colocar os nossos times para jogarem um futebol bonito, que sempre foi marca do Fluminense. Já estamos conseguindo isso. Na grande maioria dos jogos, já conseguimos identificar nossa filosofia, mas isso é algo que leva algum tempo – contou o coordenador técnico da base Marcelo Veiga.

O Tricolor decide o Campeonato Brasileiro Sub-20 nesta quinta-feira contra o Vitória, às 16h30, no Maracanã. Esta será a primeira partida da final da competição. A entrada para o jogo será um quilo de alimento não perecível.