Treino do Fluminense Levir Culpi (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Boa praça, Levir Culpi não confirmou a equipe que vai a campo neste sábado (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
03/09/2016
05:00
Rio de Janeiro (RJ)

A partida adiada tornou-se uma decisão. É assim que o Fluminense encara o duelo deste sábado contra o Figueirense, válido pela 18ª rodada do Brasileiro. Se vencer no Giulite Coutinho, a equipe de Levir Culpi pode ficar a três pontos do G4. Além da vitória, o Tricolor torce contra o Grêmio, que também entra em campo "atrasado" contra o Botafogo neste domingo, no Rio de Janeiro.

Sob o comando de Levir Culpi desde o início do torneio, o Flu teve sua melhor colocação na primeira e segunda rodada do Brasileiro, quando esteve no terceiro lugar. Desde então, a melhor colocação foi o sétimo lugar na quarta rodada. Atualmente, o clube é apenas o nono colocado com 31 pontos.

Para a partida contra o Figueira, que está na luta contra o rebaixamento, o técnico Levir Culpi não confirmou a escalação. As alterações, no entanto, não serão muitas. Renato Chaves entra na defesa no lugar do suspenso Gum. O zagueiro quer conquistar a vitória, em casa, de qualquer maneira.

– É um jogo muito importante mesmo e precisamos agarrar estes três pontos de qualquer jeito.

Além de ajudar na defesa, o camisa 31 se coloca à disposição para colaborar de outro jeito no Flu.

– Estou querendo um golzinho, né? Nossa bola parada é forte. Se encaixar uma, será muito bem vindo – brincou Renato Chaves.

A outra dúvida na escalação é entre. Marquinho, titular e autor do gol no empate com o Corinthians, e Marcos Junior, que teve uma grande sequência no time principal.O primeiro também destacou a caráter decisivo do jogo.

– Temos de ganhar hoje e depois pensamos nos outros jogos. Temos de jogar como final. Um resultado que não seja a vitória e o campeonato será outro – disse Marquinho.