Torcida do Fluminense no Maracanã (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Torcida do Fluminense no Maracanã (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
15/11/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

A bola vai rolar no Maracanã às 17h, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, e o Fluminense encara a partida com o Atlético-PR como uma decisão. Afinal, os dois são concorrentes diretos na briga pelo G6 e três pontos os separam: o Furacão é o sexto, com 51, enquanto o Tricolor, que não vence há seis jogos, soma 48. O Clube das Laranjeiras, no entanto, tem motivos para confiar na quebra do jejum e na arrancada rumo ao torneio mata-mata continental.

Confirmado como técnico do Fluminense há 10 dias, Marcão fará seu primeiro jogo a frente do time no Brasileirão. O retrospecto do comandante, no entanto, é animador: foram dois jogos e duas vitórias no Carioca. Durante a semana, o ídolo e outros nomes importantes do elenco, como Magno Alves e Marquinho, convocaram a torcida e pediram um voto de confiança. à torcida, que comprou a ideia: mais de 25 mil ingressos foram vendidos até a noite de segunda-feira.

- Temos visto bastante coisa e fico feliz com o apoio do torcedor. O que eles têm feito e vão fazer nesse jogo. Acredito que eles são o reflexo lá de cima, se a gente brigar e lutar por cada bola, eles vão gritar os 90 minutos e nos empurrar pra frente - declarou o comandante tricolor.

A partida será a oportunidade de apagar a impressão ruim que ficou no 2 a 2 com o Vitória, que marcou a volta do clube ao Maracanã após 11 meses sem atuar no estádio. Para voltar a vencer, a semana livre para treinos foi considerada fundamental pelo técnico e também jogadores do Tricolor.

Marcão não deu dicas da escalação ou da forma como sua equipe atuará, mas Wellington, que tem tudo para ser mantido entre os titulares, comentou como foram os primeiros dias no comando do ex-volante e ídolo da torcida tricolor.

- Temos trabalhado muito em cima de coisas que não estávamos fazendo. Marcão pede que o time toque mais a bola, que fique compactado, e isso está nos fortalecendo - comentou o camisa 11.

TIRA-TEIMA ENTRE FLU E FURACÃO EM 2016


O confronto será o quarto entre Fluminense e Atlético-PR na atual temporada. Apesar da vantagem paranaense (duas vitórias e uma derrota), o triunfo carioca está marcado na memória dos tricolores. No dia 20 de abril, o Flu venceu por 1 a 0 e conquistou a Primeira Liga, o único título do clube em 2016.

No entanto, de lá para cá muita coisa mudou no Fluminense, começando pelo comando técnico: saiu Levir Culpi, entrou Marcão. Em relação ao time que entrou em campo na final da Primeira Liga, seis jogadores são cotados para novamente serem titulares. Outros, por outro lado, perderam muito espaço no Flu, casos de Giovanni e Osvaldo e até já deixaram as Laranjeiras, como o meia Gerson, atualmente na Roma (ITA).

As duas vitórias do Atlético-PR no ano também foram por 1 a 0 - uma na primeira fase da Primeira Liga, no Raulino de Oliveira em partida que ficou marcada pela agressão de Fred ao lateral-direito Léo e a expulsão do ex-camisa 9 tricolor, e outra na Arena da Baixada, no primeiro turno do Brasileirão. Neste último embate, Marcos Junior, Maranhão e Samuel (que já deixou o Flu), foram titulares, o que não acontecerá hoje no Maracanã.