HOME - Fluminense x Palmeiras - Copa do Brasil - Gum (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/LANCE!Press)

Experiente, zagueiro Gum perdeu espaço no início desta temporada (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/LANCE!Press)

LANCE!
09/03/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

No futebol, as histórias se repetem. A chegada de um novo treinador sempre anima aqueles que estão encostados no elenco e preocupa os que têm uma condição confortável. No Fluminense, esse cenário volta a ser vivido agora. Levir Culpi veio para substituir Eduardo Baptista, após dois jogos em que o time foi comandado pelo auxiliar Marcão. Uma esperança para os esquecidos de momento conquistarem seus espaços.

Do elenco tricolor, Gum é o jogador que viu sua situação mudar de forma mais impactante. Titular absoluto na temporada passada, o zagueiro até começou o ano no time principal, mas logo amargou o banco de reservas.

Outro que aguarda uma reviravolta é o lateral Jonathan. Ele chegou ao Flu em novembro de 2015, porém só estreou dois meses depois, após mais de um ano parado devido a uma grave lesão.

Também no setor defensivo, Elivélton pode ter dias melhores. O zagueiro tem 63 jogos com a camisa do clube das Laranjeiras. Já na parte ofensiva, Gerson foi vendido para a Roma, entretanto retornou para ficar por mais um tempo no Tricolor. Desde então, vem ficando no banco e entrando em algumas partidas.

Situação parecida vive Magno Alves. A diferença é que o atacante da camisa 20 tem participado dos minutos finais dos jogos e com atuação de destaque: marcou os gols que deram as duas últimas vitórias ao time.

O meia Eduardo e o atacante Felipe Amorim, que estão retornando de lesão, juntam-se ao grupo, que conta ainda com Osvaldo, Edson, Higor Leite e Marlon. Este último voltou a ser titular com Marcão, que também deu oportunidades a Edson. O volante chegou a planejar uma saída do clube. Já o atacante da camisa 17 oscila entre a titularidade e a reserva.

- Quando o Marcão assumiu, o animo já aumentou 100%. Com o Levir, 200% (risos). Assim é o futebol: quando você não dá tudo vem o seu companheiro e dá - comentou Edson. 

Em sua apresentação, o técnico Levir Culpi foi questionado sobre a atual condição financeira do clube, que poderia atrapalhar na vinda de reforços. Ele disse que usará a criatividade para vencer o problema.

– Às vezes, com criatividade, a gente consegue vencer os problemas financeiros – declarou Levir Culpi.