LANCE!
28/10/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

O adversário é o desesperado Vitória, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O palco é o Maracanã, a casa do clube das Laranjeiras. O cenário parece perfeito para o Fluminense voltar a sorrir quando a bola rolar nesta sexta, às 19h30, pela 33ª rodada do Brasileirão. Na disputa pela classificação para a Copa Libertadores de 2017, conquistar três pontos está nas contas do grupo comandado por Levir Culpi, mas ninguém espera por facilidade.

Após perder para o São Paulo em Edson Passos e empatar com o Coritiba no Couto Pereira – nessa partida, teve um a mais durante a etapa final –, o elenco do Flu parece “vacinado” e ignora a fase do rival. Assim como a equipe de Argel Fucks, o Flu também não sabe o que é vencer há quatro rodadas do torneio.

– A dificuldade do Brasileiro é grande, independente da posição do adversário. É uma decisão, um jogo difícil, todos têm pretensões no campeonato. Não estamos aqui para iludir os torcedores, sabemos que temos condições de buscar essa vaga na Libertadores e vamos lutar até o final – analisou Pierre.

A última partida do Fluminense no Maracanã foi há exatos 11 meses, no dia 28 de novembro de 2015. Alguns jogadores que atuaram no empate por 1 a 1 com o Internacional estarão outra vez em campo. São os casos de Gustavo Scarpa, Wellington Silva e Cícero, autor do último gol tricolor no estádio carioca.

Richarlison, por sua vez, é o único estreante. Levando em consideração os atletas que vêm sendo utilizados por Levir Culpi, o atacante é o único que nunca disputou uma partida no Maraca. A ansiedade é grande, e o jovem, contratado junto ao América-MG no início do ano, está faminto pelo gol.

O retorno ao Maracanã é bem visto pelo experiente elenco, que jogou como mandante em Mesquita, Volta Redonda, Cariacica e Brasília nesta temporada.

– Foi um ano difícil, sempre jogando fora do Rio, com viagens. Todo jogador esperava por esse momento e o torcedor, também, pois está acostumado ao Maracanã. Esperamos estar numa noite feliz – completou o volante Pierre.