Fluminense x Santos

Volante Douglas, novamente titular, tenta marcação no meio (Paulo Sergio/Agencia F8)

LANCE!
14/06/2018
07:20
Rio de Janeiro (RJ)

A partida contra o Santos apontou o quanto a paralisação do Campeonato Brasileiro pode fazer bem ao Fluminense. Sem poder contar com cinco jogadores considerados titular (Renato Chaves, Gum, Ayrton Lucas, Gilberto e Marcos Junior fora, além de Sornoza, que começou no banco por conta de desgaste muscular), a equipe teve 15 bons minutos durante a partida - os 15 finais do primeiro tempo. Mas em nova partida sem muita criatividade, nova derrota.

O lado positivo, talvez, tenha sido as atuações de Pedro e Douglas. No melhor momento do time tricolor, os dois foram muito importantes. Douglas conseguiu organizar o meio e Pedro articulou bem as jogadas ofensivas, em algumas, inclusive, indo buscar atrás e fazendo as tabelas.

No primeiro tempo, os dois times foram burocráticos e erraram passes demais. O tricolor, conseguiu uma melhora no fim da etapa inicial e até animou a torcida. Em uma das melhores chances, Pedro fez o pivô e rolou para Pablo Dyego, que demorou a chutar e acabou travado.

Pouco tempo após a volta do intervalo, Abel lançou o centroavante Dudu na vaga de Pablo Dyego, mas a troca não funcionou muito bem. Depois, colocou Sornoza (pedido pela torcida) na vaga de Ibañez, saindo do 3-5-2 e indo para 4-4-2. Em busca de uma velocidade maior, ainda colocou Dodi na vaga de Jadson, mas, também sem grandes diferenças.

Agora, é passar a limpo o que vem dando errado, arrumar a casa (de preferência, com reforços, como o próprio Abel Braga citou após o jogo) e tentar voltar à parte de cima da tabela.