Eduardo Baptista enaltece postura do Flu e lembra: 'Jogamos com uma pressão que não era nossa'
Patrick Monteiro
27/01/2016
22:33
Volta Redonda (RJ)

Na visão do técnico Eduardo Baptista, faltou pontaria e tranquilidade para o Fluminense superar o Atlético-PR na noite desta quarta-feira em Volta Redonda. O Tricolor não reagiu à expulsão de Fred, que deixou o campo aos 7 minutos da etapa final, junto com o lateral Léo, do Furacão, e foi derrotado por 1 a 0.

- Foi um primeiro tempo bom, com volume de jogo, criamos algumas oportunidades, com controle total do jogo, bem posicionado defensivamente. Voltamos bem. Aí, depois da expulsão, a equipe oscilou um pouquinho. Na hora do gol, vacilamos na marcação e saiu o cruzamento - analisou o treinador, que praticamente confirmou a permanência dos 11 titulares desta quarta no jogo contra o Volta Redonda, domingo, pela estreia no Campeonato Carioca.

- É esse time. O Diego (Souza) é uma dificuldade, os outros (reforços) também são dúvidas. Então, vamos aguardar a diretoria resolver tudo isso para montarmos o time. É um grupo que não foge muito do que foi hoje - revelou.

Além de Diego Souza, o Fluminense segue sem poder contar com os zagueiros Henrique e Renato Chaves e o atacante Richarlison. Todos contratados para esta temporada, mas ainda não regularizados.