icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
22:38

Com uma atuação inteligente e sabendo aproveitar bem as chances no ataque, o Fluminense derrotou o Paysandu por 2 a 1 no Mangueirão e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. Autor do primeiro gol tricolor, Cícero ganhou boa nota do LANCE!. Veja abaixo as avaliações para os jogadores e treinadores de ambas as equipes.

ATUAÇÕES > FLUMINENSE

6,0
Júlio César
Mais uma boa atuação. Mostrou segurança, ganhou tempo quando podia e não teve culpa no gol.

5,0
Renato
Se atrapalhou em alguns momentos na marcação. Poderia ter avançado mais no apoio ao ataque.

5,0
Gum
Teve muitas dificuldades com a pressão do Paysandu. Ficou sobrecarregado e passou insegurança em alguns momentos.

5,5
Marlon
Um pouco melhor que o companheiro de zaga. Mesmo assim, teve trabalho com a movimentação do ataque adversário.

6,0
Victor Oliveira
Foi bem no ataque ao cruzar para o gol de Cícero, mas mal na defesa ao fazer o pênalti que resultou no empate.

5,5
Edson
Muita briga e disposição no meio-campo. Abusou das faltas em alguns momentos para frear a pressão do Paysandu.

5,5
Jean
Assim como Edson, mostrou muita vontade no meio-campo. Faltou encostar mais no apoio ao ataque.

6,0
Gustavo Scarpa
Na volta para sua posição de origem, não decepcionou. Se movimentou muito e participou do segundo gol.

7,0
Cícero
Foi a principal referência do time no jogo. Acalmou o time quando foi preciso e ainda marcou um gol.

6,5
Marcos Júnior
Correu demais. Tentou prender a bola no campo de ataque e quando teve chance de marcar, deixou lá dentro.

6,0
Magno Alves
Ficou isolado na maior parte do jogo. Quando a bola chegou, deixou Marcos Júnior na cara do gol.

5,5
Vinícius
Entrou no fim para ajudar a administrar o resultado.

5,0
Pierre
Ficou pouco tempo em campo.


Higor Leite
Entrou no fim e não teve muito tempo para jogar.

6,5
Técnico: Enderson Moreira
Acertou ao escalar Victor Oliveira na lateral esquerda e liberar Gustavo Scarpa para o meio-campo.

ATUAÇÕES > PAYSANDU

6,0
Emerson
Sem culpa no gol. Passou segurança a defesa.

6,5
Yago Pikachu
É o jogador mais lúcido do time. Marcou de pênalti.

5,0
Thiago Martins
Teve muito trabalho com o ataque tricolor.

5,5
Gualberto
Um pouco melhor que o companheiro de zaga.

4,5
João Lucas
Poderia ter aproveitado mais os espaços deixados por Renato.


Ricardo Capanema
Saiu machucado ainda no primeiro tempo. Pouco jogou.

5,0
Fahel
Muita vontade e disposição. Faltou colocar a bola no chão.

4,5
Jhonnatan
Teve muita dificuldade para marcar Cícero.

4,0
Carlinhos
Ficou sobrecarregado.

5,0
Aylon
Perdeu uma ótima chance no início do segundo tempo.

5,5
Leandro Cearense
Muita briga com os zagueiros tricolores. Incomodou.

5,5
Misael
Se movimentou muito e dificultou a marcação adversária.

1,0
Betinho
Entrou e só apareceu quando foi expulso.


Augusto Recife
Teve pouco tempo em campo.

5,5
Técnico: Dado Cavalcanti
Sua equipe se destacou pela luta e disposição em campo. Faltou qualidade.

Com uma atuação inteligente e sabendo aproveitar bem as chances no ataque, o Fluminense derrotou o Paysandu por 2 a 1 no Mangueirão e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. Autor do primeiro gol tricolor, Cícero ganhou boa nota do LANCE!. Veja abaixo as avaliações para os jogadores e treinadores de ambas as equipes.

ATUAÇÕES > FLUMINENSE

6,0
Júlio César
Mais uma boa atuação. Mostrou segurança, ganhou tempo quando podia e não teve culpa no gol.

5,0
Renato
Se atrapalhou em alguns momentos na marcação. Poderia ter avançado mais no apoio ao ataque.

5,0
Gum
Teve muitas dificuldades com a pressão do Paysandu. Ficou sobrecarregado e passou insegurança em alguns momentos.

5,5
Marlon
Um pouco melhor que o companheiro de zaga. Mesmo assim, teve trabalho com a movimentação do ataque adversário.

6,0
Victor Oliveira
Foi bem no ataque ao cruzar para o gol de Cícero, mas mal na defesa ao fazer o pênalti que resultou no empate.

5,5
Edson
Muita briga e disposição no meio-campo. Abusou das faltas em alguns momentos para frear a pressão do Paysandu.

5,5
Jean
Assim como Edson, mostrou muita vontade no meio-campo. Faltou encostar mais no apoio ao ataque.

6,0
Gustavo Scarpa
Na volta para sua posição de origem, não decepcionou. Se movimentou muito e participou do segundo gol.

7,0
Cícero
Foi a principal referência do time no jogo. Acalmou o time quando foi preciso e ainda marcou um gol.

6,5
Marcos Júnior
Correu demais. Tentou prender a bola no campo de ataque e quando teve chance de marcar, deixou lá dentro.

6,0
Magno Alves
Ficou isolado na maior parte do jogo. Quando a bola chegou, deixou Marcos Júnior na cara do gol.

5,5
Vinícius
Entrou no fim para ajudar a administrar o resultado.

5,0
Pierre
Ficou pouco tempo em campo.


Higor Leite
Entrou no fim e não teve muito tempo para jogar.

6,5
Técnico: Enderson Moreira
Acertou ao escalar Victor Oliveira na lateral esquerda e liberar Gustavo Scarpa para o meio-campo.

ATUAÇÕES > PAYSANDU

6,0
Emerson
Sem culpa no gol. Passou segurança a defesa.

6,5
Yago Pikachu
É o jogador mais lúcido do time. Marcou de pênalti.

5,0
Thiago Martins
Teve muito trabalho com o ataque tricolor.

5,5
Gualberto
Um pouco melhor que o companheiro de zaga.

4,5
João Lucas
Poderia ter aproveitado mais os espaços deixados por Renato.


Ricardo Capanema
Saiu machucado ainda no primeiro tempo. Pouco jogou.

5,0
Fahel
Muita vontade e disposição. Faltou colocar a bola no chão.

4,5
Jhonnatan
Teve muita dificuldade para marcar Cícero.

4,0
Carlinhos
Ficou sobrecarregado.

5,0
Aylon
Perdeu uma ótima chance no início do segundo tempo.

5,5
Leandro Cearense
Muita briga com os zagueiros tricolores. Incomodou.

5,5
Misael
Se movimentou muito e dificultou a marcação adversária.

1,0
Betinho
Entrou e só apareceu quando foi expulso.


Augusto Recife
Teve pouco tempo em campo.

5,5
Técnico: Dado Cavalcanti
Sua equipe se destacou pela luta e disposição em campo. Faltou qualidade.