Copa Sul Minas Rio - Fluminense x Internacional (foto:Adalberto Marques/AGIF)

Osvaldo celebra gol marcado contra o Internacional, pela semifinal da Primeira Liga (foto:Adalberto Marques/AGIF)

LANCE!
24/03/2016
16:49
Brasília (DF)

Autor dos dois gols tricolores sobre o Internacional, pela semifinal da Primeira Liga, na última quarta-feira, Osvaldo ressalta que, apesar da classificação, o time ainda tem muito a fazer para conseguir reproduzir o que o técnico Levir Culpi pede. O jogador, porém, já aponta que o time vem demonstrando evolução desde quando o treinador assumiu o time.

O primeiro compromisso de Levir à frente do Fluminense foi na partida contra o Criciúma, também pela Primeira Liga, quando a equipe ganhou por 2 a 0 e garantiu a classificação. De lá para cá, foram três jogos - o empate com o Botafogo, o empate com o Flamengo e a igualdade com o Internacional, respectivamente.

- Acho que tem muito a melhorar ainda. O Levir está chegando e tem batido na mesma tecla para a gente no dia a dia, nas palestras que tem dado, que ainda não é a equipe que ele gosta, que trabalha no jogo. Temos evoluído, isso demonstramos nos últimos jogos. Estamos há cinco jogos já sem perder, isso é importante para dar mais confiança. Na parte de movimentação, a equipe melhorou bem, agora é manter - disse.

O empate em 2 a 2, para Osvaldo, não foi o resultado mais justo. O atacante avaliou que a atuação do Fluminense foi melhor que a do Internacional e lembrou que o time das Laranjeiras criou muito mais oportunidades durante a partida. Osvaldo fez questão ainda de exaltar o goleiro Diego Cavalieri, que defendeu duas cobranças nas disputas de pênaltis:

- Acho que tomamos o gol na melhora que a gente vinha na partida. O fluminense vinha muito bem, criou as melhores oportunidades nos 90 minutos. Acho que se tinha uma equipe para sair com a vitória, essa equipe era o Fluminense. Não é porque eu defendo o Fluminenses, mas é porque a equipe mereceu o resultado. Aquele gol no último minuto foi meio que um banho de água fria, mas o Cavalieri está de parabéns, que fez as defesas e conseguiu a classificação para a gente.