Henrique - Fluminense treinando com a nova camisa

Jogador cresceu de produção com a chegada de Levir Culpi (Foto: Marcelo Cortes/Fotoarena/Lancepress!)

Vinícius Britto
28/03/2016
18:28
Rio de Janeiro (RJ)

Depois do Fla-Flu por sua contratação, Henrique chegou badalado e com status de xerife no Fluminense. Mas o longo período sem jogar no Napoli-ITA prejudicou sua adaptação no retorno ao futebol brasileiro. Depois de 12 jogos, o zagueiro parece estar recuperando a boa forma dos tempos de Palmeiras, cresce de produção junto com o clube na temporada e começa a justificar os R$ 8,8 milhões investidos em sua contratação.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o zagueiro comemorou o bom momento - nos últimos quatro jogos em que foi titular, o time só levou gol em um deles - e justificou o porque da melhora no seu rendimento nesses últimos jogos pelo Fluminense:

- Acho que se deu por conta do ritmo de jogo. Isso influencia bastante. Um jogo atrás do outro, como aqui, o ritmo vai sendo pego naturalmente. O Levir chegou e ajudou bastante também - comemorou o camisa 33 do Flu.

O jogador aproveitou para ressaltar o trabalho realizado pelo técnico Levir Culpi desde sua chegada. Ele destacou a mudança na mentalidade do grupo com o novo comandante e valorizou a diferença deste novo Fluminense:

- O elenco assimilou bem o trabalho do Levir. Ele mudou algumas coisas dentro do time, e isso está fazendo a diferença. O grupo todo está se sentindo acolhido por ele. Faltava essa mudança para dar um toque no elenco. Sua chegada veio para somar. Já mudou muita coisa, mas ainda temos muito o que evoluir e acrescentar - completou o zagueiro do Fluminense.

O treino desta segunda-feira foi marcado por uma atividade física para os jogadores que iniciaram contra o Boavista. Somente os reservas - que realizaram um coletivo com jogadores do sub-20 - treinaram com bola. Um dos destaques foi a presença de Richarlison em campo. Ele deu trotes na lateral do gramado das Laranjeiras e deve ficar voltar a ser opção logo mais.