Guilherme Abrahão
13/11/2017
15:41
- Rio de Janeiro (RJ)

O Internacional já estava pensando na saída de Guto Ferreira do comando, antes mesmo do tropeço contra o Vila Nova, em casa, que adiou o acesso para a Série A e confirmou a demissão do treinador. Nos últimos dias de outubro, dirigentes do Colorado estiveram no Rio de Janeiro e observam de perto a situação do técnico Abel Braga, para assumir a equipe na próxima temporada, segundo apuração do Lance!

Por meio de sua assessoria de imprensa, Abel Braga negou qualquer contato com a diretoria do Internacional.

- Não existe essa história. Isso foi inventado. Quem falou isso está mentindo. Além disso, conheço bem a diretoria do Inter. Jamais fariam isso, porque sabem da minha conduta e a pessoa que sou. Estou completamente envolvido com o Fluminense e penso 24h por dia no time. Minha cabeça só está voltada pra isso, não pode ser diferente. Quem colocou multa rescisória no contrato foi o clube - disse em comunicado.

Com contrato até o fim de 2018, Abel Braga ainda não sabe como acontecerá alguma negociação para trocar o Fluminense pelo Internacional. Além disso, pesa para o treinador sua postura de não romper seus vínculos antes do término, ao menos que seja dispensado pela diretoria. Para tirar Abel do Tricolor, o Inter precisaria pagar uma multa rescisória, que é de dois salários do treinador

Contudo, apesar de identificação com o Fluminense, uma saída de Abel Braga seria vista com bons olhos pela diretoria. Em colocação baixa no Campeonato Brasileiro, com algum risco de rebaixamento ainda e sem o título da Copa Sul-Americana, as finanças do Tricolor vão de mal a pior para a temporada 2018. Algumas cotas já foram adiantadas e o clube busca por um patrocínio master para o ano que vem. Por isso, liberar Abel, faturar a multa rescisória e contratar um treinador de custo mais baixo não é visto como um sinal ruim para o próximo ano. 

Outro fator que pesa para uma liberação do Fluminense ao Internacional é que o principal grupo de apoio ao presidente, Pedro Abad, está pedindo a demissão do treinador e pressionam a cúpula. Para muitos, o culpado pela situação tricolor é o treinador.

Além de cogitar a liberação de Abel, devido a situação financeira, o Fluminense ainda busca vender uma de suas promessas para o próximo ano. Gustavo Scarpa está na mira do Cruzeiro, mas o Tricolor está reticente em negociar um de seus destaque com um clube também do Brasil e aguarda propostas da Europa.

Wendel é outro que o clube quer negociar. O comportamento do jogador nos últimos tempos não tem agradado, porém com a baixa em seu futebol interessados do Velho Continente ainda não formalizaram. Dentro das Laranjeiras, muitos reclamam da negativa de cerca de R$ 26 milhões para o Porto, de Portugal, na janela europeia. Depois disso, Wendel caiu de produção, foi especulado em outros gigantes da Europa, mas nada foi oficializado.

No Internacional, por enquanto, Abel Braga é tratado como única opção para assumir o comando do futebol do clube. Com o acesso praticamente garantido, Odair Hellmann fica como interino nas últimas três partidas da Série B.

*Atualizada às 18h25