Vinicius - Fluminense (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

O meia Vinícius está fora dos planos do Fluminense para a próxima temporada do Tricolor (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Matheus Babo
27/11/2015
06:05
Rio de Janeiro (RJ)

A negociação entre o meia Vinícius e o Fluminense por uma renovação de contrato começou há alguns meses. Mais precisamente em junho, quando o jogador era um dos principais destaques do elenco e recebeu uma proposta do Al Shabbab, da Arábia Saudita. Na ocasião, o clube e o camisa 29 entenderam que uma saída não seria boa para nenhuma das partes. Vinícius ficou, logo depois se machucou, perdeu espaço e hoje está treinando em horários separados do grupo esperando pelo fim da temporada para tocar seu futuro, que será longe das Laranjeiras.

O Fluminense é detentor de 30% dos direitos econômicos do jogador até dezembro. Na ocasião, o clube chegou a calcular a possibilidade e valores que seriam lucrativos para liberar um dos principais destaques da equipe. Pesou muito a decisão do meia em querer permanecer. Ali, ficou encaminhado de que uma renovação no fim do ano seria feita sem maiores problemas.

Mas os problemas apareceram. Vinícius fraturou o quinto metatarso do pé esquerdo e teve de ser submetido a um procedimento cirúrgico. Fora por 45 dias, ganhou peso e perdeu espaço. Demorou a ter novas oportunidades. Com Eduardo Baptista, voltou a ter mais chances e com o contrato chegando ao fim, sentou para negociar com a diretoria. Na mesa, pediu R$ 140 mil (atualmente recebe cerca de R$ 30 mil) de salários, além de luvas e parte do valor que teria direito caso o Fluminense exercesse a prioridade na prolongação do vínculo, que gira em torno de R$ 1,2 milhão.

Como vem passando por problemas financeiros - direitos de imagem dos jogadores estão atrasados, patrocinador master sem pagar as cotas - o Tricolor optou por não renovar o vínculo com o camisa 29. Fora dos planos, pediu para o técnico Eduardo Baptista para não jogar mais na temporada até que definisse seu futuro. Dias depois, a diretoria optou por afastá-lo e fazer com que ele treinasse em horários distintos do elenco.

Pelas redes sociais, principalmente o Instagram, o jogador não esconde a insatisfação. São várias fotos com mensagens que dão a entender que ele não continuará. Na última quinta-feira, Vinícius postou uma foto chegando nas Laranjeiras com a seguinte legenda:

- Almoço? É pros fracos!! Vamos treinar nesse horário show. Obrigado, muito obrigado. Os humilhados serão exaltados.