Apresentação de Abel Braga como novo técnico do Fluminense

(Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

LANCE!
26/12/2016
08:45
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Abel Braga afirmou que, na próxima temporada, vai privilegiar a utilização dos jogadores formados nas categorias de base do Fluminense, porém, garantiu que, em contrapartida, esses jovens serão cobrados para serem competitivos. Ele lembrou que, como treinador, relevou jogadores que viraram grandes nomes do futebol, salientando a vontade de manter o trabalho nesta nova passagem por Laranjeiras.

– Em time grande não existe isto de preparar o time. Vamos entrar com alma. Mas, mesmo assim, vou usar muitos garotos de Xerém. Eles serão privilegiados. Eu vou te dizer uma coisa, que ouvi de um amigo tricolor, que chegou para mim e disse: “Os jogadores de Xerém estão desfilando, não estão jogando”. Então, comigo, terão de jogar, terão que ser competitivos. Não tem isso de desfile, de se mostrar. Eu vou privilegiar, mas vou cobrar. Sempre revelei: Pato, Ibson, Henrique, Radamés… Até perdi a conta de tantos que revelei. Xerém, poderá ser responsável por até 60% do elenco – disse, em entrevista ao O Globo.

Abel aproveitou para criticar o modo como muitos técnicos brasileiros lidam como o elenco, demonstrando que chega ao Fluminense querendo conquistar resultados positivos e espera que os jogadores mostrem vontade em campo:

- O jogador peca, ainda (taticamente), porque os treinadores exigem pouco do jogador. Eu estou chegando ao Fluminense com muito tesão e vou cobrar muito para formarmos um sistema coletivo muito forte.

O treinador foi anunciado como técnico do time tricolor para 2017 no começo deste mês.