Paulo Victor Reis
13/05/2016
22:18
Volta Redonda (RJ)

O zagueiro Wallace não é mais jogador do Flamengo. No fim da noite desta sexta-feira, o atleta comunicou à diretoria que não atua mais pelo clube. O defensor deixou a concentração da equipe, em Volta Redonda, para retornar ao Rio de Janeiro imediatamente.

De acordo com o Flamengo, Wallace pediu o desligamento da delegação logo após ter terminado o jantar, alegando ter proposta de outro clube. O Rubro-Negro, porém, diz não ter recebido tal proposta. 

Como se pode imaginar, a decisão de Wallace não pegou bem no Flamengo. Ele era defendido publicamente pela diretoria e também pelo técnico Muricy Ramalho. A atitude pegou a todos de surpresa. 

O destino de Wallace pode ser o Grêmio. De acordo com o site Globoesporte.com, o clube gaúcho tem interesse na contratação do defensor.

O zagueiro já vinha sendo questionado dentro do clube e passou a ser ainda mais cobrado após a semifinal do Campeonato Carioca contra o Vasco, em que não fez uma boa apresentação e marcou um gol contra. Naquela ocasião, o defensor criou polêmica ao liderar uma entrada em campo inesperada, deixando crianças para trás e fincando uma bandeira do clube no gramado.

Sem Wallace, Muricy vai optar por Léo Duarte na partida contra o Sport, neste sábado, em Volta Redonda. O zagueiro Rafael Dumas viajou para Volta Redonda na noite desta sexta-feira. Ele vai se juntar ao elenco e ficará como opção no banco de reservas.

Confira o comunicado do Flamengo:

'O Clube de Regatas do Flamengo informa que o atleta Wallace comunicou, após o jantar, que não atuará mais pelo clube.

O jogador deixou a concentração na noite desta sexta-feira rumo ao Rio de Janeiro'.

A crise entre Wallace e Flamengo ficou ainda mais evidente quando ele próprio pediu para não ser mais o capitão do time. Na partida seguinte à da semifinal do Estadual, Juan apareceu com a braçadeira.

Antes ainda de Wallace sair, o Flamengo já corria atrás de zagueiros. Muricy chegou a confirmar que o clube corria atrás de pelo menos dois nomes para o setor. Juninho, do Coritiba, e Cleber, do Hamburgo, foram os mais falados na Gávea, além do uruguaio Menosse, do Once Caldas, que foi oferecido, mas não empolgou.

Atualmente com 28 anos, o baiano revelado pelo Vitória chegou ao Flamengo em 2013, depois de defender o Corinthians, aonde fez parte do elenco que ganhou o Campeonato Brasileiro, a Libertadores e o Mundial. Pelo Rubro-Negro, mostrou liderança e logo tornou-se o capitão do time. Conquistou a Copa do Brasil de 2013 e o Campeonato Carioca de 2014.