Everton - Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Everton só pensa na vitória

LANCE!
27/01/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Se é amistoso ou um jogo válido por um campeonato, de fato, ainda não se sabe. Independentemente disso, o time do Flamengo vai em busca da primeira vitória neste ano, hoje, às 21h45, contra o Atlético-MG, no Mineirão, na estreia pela Primeira Liga.

O Rubro-Negro ainda não venceu nesta temporada. No primeiro compromisso, o time comandado pelo técnico Muricy Ramalho foi derrotado nos pênaltis pelo Ceará, após empate no tempo normal, em 3 a 3. No duelo seguinte, o Flamengo amargou revés de 3 a 1 para o Santa Cruz, no último domingo.


Enquanto clubes, federações e CBF ainda discutem a validade e a longevidade da Primeira Liga, o time rubro-negro irá a campo. Os dirigentes debatem se o jogo será apenas um amistoso ou não. Contudo, o duelo entre Atlético-MG x Flamengo sempre mexe muito com as torcidas. Afinal, trata-se de um clássico nacional, com muita história. O meia Everton, por exemplo, deu a entender de que a equipe carioca vai entrar com “a faca entre os dentes”.

– Atlético-MG e Flamengo é sempre à vera. O time deles é difícil, entrosado e joga há muito tempo junto. Sabemos o quanto é difícil enfrentá-los – disse o jogador, que não se mostrou preocupado ou menos motivado com a possibilidade do duelo virar um mero amistoso.

– Isso não interfere. Isso é a diretoria que resolve. Como falei, pode ser amistoso, o que for, vamos sempre querer vencê-los – afirmou.

O volante Willian Arão também destaca o peso do duelo para o Flamengo entrar com muita vontade em busca do resultado positivo.

– É um grande clássico nacional, de dois grandes clubes e duas grandes torcidas. Sabemos da qualidade do adversário, mas também temos as nossas – comentou o atleta.

Flamengo e Atlético-MG já fizeram vários confrontos históricos. Nos anos 80, eles duelaram nas fases decisivas do Brasileiro e também na Libertadores. Nos últimos anos, a rivalidade voltou a ficar acirrada. Os times se enfrentaram, por exemplo, na semifinal da Copa do Brasil de 2014, quando o Galo levou a melhor. 

Nos últimos dez confrontos entre os rivais, o Atlético-MG levou a melhor em cinco deles, com três goleadas. Foram outras quatro vitórias do Flamengo e um empate.