Guerrero - Peru (Foto: Ernesto Benavides/AFP)

Guerrero está a serviço do Peru (Foto: Ernesto Benavides/AFP)

LANCE!
27/03/2016
09:00
Rio de Janeiro (RJ)

Em um momento complicado, o Flamengo tem um clássico muito importante contra o Vasco, na próxima quarta-feira, pela quarta rodada da Taça Guanabara. O Rubro-Negro já não poderá contar com o meia Mancuello, que segue em recuperação de uma lesão no joelho direito, e não sabe se terá outros dois gringos: o volante Cuéllar e o atacante Guerrero. A dupla segue a serviço de Colômbia e Peru, respectivamente, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, e será ouvida por Muricy Ramalho antes do técnico definir a escalação no Clássico dos Milhões.

- Sempre nos reunimos depois dos jogos, e vamos conversar sobre a possibilidade. Temos que ouvir a palavra do jogador, isso é importante. Não adianta colocar o jogador sem ter convicção. Cuéllar não está jogando na seleção, mas a distância é maior (já que a Colômbia enfrenta o Equador em Barranquilla). Vamos ver como eles chegam e pensar nesses dias o que vamos fazer - disse o treinador rubro-negro.

A Colômbia joga em casa nesta terça-feira, contra o Equador, às 17h30 de Brasília. Cuéllar, porém, não ficou nem sequer no banco de reservas no último jogo, na vitória de 3 a 2 sobre a Bolívia. Por isso, ele tem mais chances de atuar, contra o Vasco, do que Guerrero. O caso do centroavante peruano é bem mais complicado, já que ele é titular absoluto da sua seleção, que duela na mesma terça, contra o Uruguai, às 20h de Brasília. Ou seja, pouco mais de 24 horas antes do clássico entre Flamengo x Vasco, no Mané Garrincha.