icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/08/2015
08:01

Na derrota para o Vasco, quarta-feira, a torcida do Flamengo chamou Cristovão Borges de “burro”, além de intensas vaias. Após a saída dele na quinta-feira do cargo, o LANCE! realizou uma enquete e 82% dos torcedores aprovaram a troca por Oswaldo de Oliveira. O novo comandante rubro-negro agradeceu o apoio.

- Fico feliz que a torcida apoie o trabalho, este clima tentamos colocar na equipe, muito otimismo para nos ajudar e ter vitórias consecutivas - destacou.

A insatisfação dos rubro-negros era grande pela mudança de treinadores, que acabou sendo feita. Mesmo assim, o presidente Eduardo Bandeira de Mello afirmou que a situação ficou insustentável por conta da pressão da imprensa.

E MAIS!
> Oswaldo revela antiga vontade de voltar ao Flamengo e projeta time vitorioso
> Especialistas do LANCE! aprovam acerto de Oswaldo de Oliveira com Fla
> Flamengo x São Paulo, estreia de Oswaldo, já tem 8 mil vendidos

– Foi impossível manter o Cristovão. O jogo acabou e o meu telefone não parou. A pressão foi insustentável. Fica impossível alguém trabalhar desse jeito. (Os jornalistas) me perguntaram ao longo de todo o tempo em que o Cristovão trabalhou aqui se ele seria demitido. A intenção de todo dirigente é construir uma relação longa, mas nem sempre é possível. Estamos aprendendo. Tenho a certeza de que com o Oswaldo será diferente – disse.

Em comunicado oficial, Cristovão Borges se despediu e agradeceu o apoio da direção para sequência do trabalho, enquanto durou:

“Agradeço à diretoria, que sempre me deu um apoio incondicional para que eu colocasse em prática o meu trabalho. Houve uma integração muito grande entre todos os departamentos, com profissionais de alto nível. Agradeço, em especial, aos jogadores, pelo empenho, dedicação e entrega durante todo o tempo. E à torcida, pelo apoio que demonstrou, lotando estádios e deixando o Fla com uma das maiores médias de público do Brasileiro”.

Na derrota para o Vasco, quarta-feira, a torcida do Flamengo chamou Cristovão Borges de “burro”, além de intensas vaias. Após a saída dele na quinta-feira do cargo, o LANCE! realizou uma enquete e 82% dos torcedores aprovaram a troca por Oswaldo de Oliveira. O novo comandante rubro-negro agradeceu o apoio.

- Fico feliz que a torcida apoie o trabalho, este clima tentamos colocar na equipe, muito otimismo para nos ajudar e ter vitórias consecutivas - destacou.

A insatisfação dos rubro-negros era grande pela mudança de treinadores, que acabou sendo feita. Mesmo assim, o presidente Eduardo Bandeira de Mello afirmou que a situação ficou insustentável por conta da pressão da imprensa.

E MAIS!
> Oswaldo revela antiga vontade de voltar ao Flamengo e projeta time vitorioso
> Especialistas do LANCE! aprovam acerto de Oswaldo de Oliveira com Fla
> Flamengo x São Paulo, estreia de Oswaldo, já tem 8 mil vendidos

– Foi impossível manter o Cristovão. O jogo acabou e o meu telefone não parou. A pressão foi insustentável. Fica impossível alguém trabalhar desse jeito. (Os jornalistas) me perguntaram ao longo de todo o tempo em que o Cristovão trabalhou aqui se ele seria demitido. A intenção de todo dirigente é construir uma relação longa, mas nem sempre é possível. Estamos aprendendo. Tenho a certeza de que com o Oswaldo será diferente – disse.

Em comunicado oficial, Cristovão Borges se despediu e agradeceu o apoio da direção para sequência do trabalho, enquanto durou:

“Agradeço à diretoria, que sempre me deu um apoio incondicional para que eu colocasse em prática o meu trabalho. Houve uma integração muito grande entre todos os departamentos, com profissionais de alto nível. Agradeço, em especial, aos jogadores, pelo empenho, dedicação e entrega durante todo o tempo. E à torcida, pelo apoio que demonstrou, lotando estádios e deixando o Fla com uma das maiores médias de público do Brasileiro”.