LANCE!
30/10/2017
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, o Flamengo está no limite na zona de classificação para a Libertadores do próximo ano. Em outra frente, na Sul-Americana, o Rubro-Negro tem vantagem nas quartas de final contra o Fluminense e sonha com o título para 'salvar o ano' e, de quebra, garantir uma vaga na fase de grupos do principal torneio sul-americano. Por isso, o time vive um dilema, deve priorizar uma das competições e deixar a outra em segundo plano?

Publicamente, os jogadores evitam dar preferências para um dos torneios. O meia Diego, por exemplo, garante que o Flamengo vai com força total nas duas frentes.

- Temos dois caminhos de buscar a vaga na Libertadores e iremos com força total nesses dois caminhos. Demonstramos vontade de vencer contra o Vasco. Não vamos priorizar nenhuma competição. Temos o privilégio de ter duas opções ainda - disse o camisa 35.

Caso não consiga o título da Sul-Americana, o Flamengo terá de melhorar seu rendimento no Brasileiro para conquistar uma vaga na fase de grupos da Libertadores. O modesto sétimo lugar na competição nacional - tendo em vista o investimento de cerca de R$ 60 milhões no futebol nesta temporada - garante apenas a presença nas etapas iniciais do torneio sul-americano (pré-Libertadores).