Alan Patrick (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Alan Patrick conversou com os jornalistas nesta quinta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

David Nascimento 
31/03/2016
18:18
Rio de Janeiro (RJ)

Após o empate com o Vasco na quarta-feira, o Flamengo se reapresentou na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu. Porém, o técnico Muricy Ramalho não contou com a presença de dez jogadores de linha, os que iniciaram o clássico, por ter cedido folga. Apenas o goleiro Paulo Victor foi ao CT para um trabalho na academia. 

No campo dois, os jogadores reservas fizeram uma atividade rápida, sob os olhares do próprio Muricy Ramalho e do diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano. Autor do gol no clássico, Marcelo Cirino teve boa movimentação.

Responsável por atender a imprensa, o meia Alan Patrick analisou a fase da equipe. Ele destacou os clássicos seguidos para o Flamengo neste Carioca, já que neste sábado o time pega o Botafogo em Juiz de Fora e precisa vencer para continuar na briga por uma vaga na próxima fase.

- Todo jogador gosta de clássico. Vínhamos fazendo bons jogos mas sem gols. Tivemos alguns tropeços, mas a equipe conseguiu ter maturidade para enfrentar o Vasco de cabeça erguida, com postura de Flamengo. Fizemos um bom jogo, merecíamos a vitória, e agora vamos descansar. É um clássico importante, precisamos somar pontos na tabela, e tenho certeza de que vamos fazer outro grande jogo - afirmou o jogador.

O Flamengo volta a treinar às 10h30 desta sexta-feira, novamente no Ninho do Urubu.