Rodrigo Caetano, dirigente do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Rodrigo Caetano, dirigente do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

João Matheus Ferreira e Paulo Victor Reis
07/01/2016
09:05
Rio de Janeiro (RJ)

O diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, saiu em defesa dos reforços contratados pelo Rubro-Negro para esta temporada. Até agora, o clube da Gávea fechou com Mancuello, Arthur Henrique, Rodinei, Alex Muralha, Chiquinho, Antônio Carlos, Willian Arão e Juan. O dirigente afirmou que os jovens formados na base do clube também terão mais espaço em 2016.

- Alguns atletas quando chegam, mesmo sendo reconhecidos, são colocados com certa desconfiança. Num mercado extremamente difícil, conseguimos contratar um lateral (Rodinei) destaque no Brasileiro, um zagueiro que tem história no clube (Juan), mais um goleiro de bom nível (Alex Muralha), destaque do time dele e da posição no Brasileiro. O Arão também foi um dos destaques da Série B. Também temos o objetivo de dar um espaço maior para as divisões de base - comentou o dirigente, que falou também mais especificamente sobre Mancuello.

- Não é só uma contratação cara. Antes disso, é uma contratação de alto nível, um investimento - disse.