Rodrigo Caetano, dirigente do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Rodrigo Caetano, dirigente do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

LANCE!
05/01/2016
09:05
Rio de Janeiro (RJ)

O diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, evita dar prazos para que o Flamengo tenha o elenco fechado. O dirigente explica que esta decisão foi tomada para evitar gerar expectativas por parte do torcedor rubro-negro.

- Jamais trabalhei com prazo. Não podemos gerar expectativas no torcedor. Estamos trabalhando, na busca de melhorar e fazer as alterações.
Claro que o nosso objetivo é que tivéssemos isso concluído o mais rápido possível. Primeiro, o Flamengo tem que ter os recursos para depois destiná-los - disse o dirigente à Rádio Brasil.

O Flamengo projeta ter R$ 20 milhões para contratações no futebol neste ano, além da verba de venda de atletas. Contudo, Rodrigo Caetano deixa claro que esta quantia não está toda disponível no momento.

- Temos que ter um cuidado enorme. Fala-se que o Flamengo tenha uma condição financeira que permita determinados investimentos, mas não é verdade. A previsão orçamentária é ao longo de 2016. Não significa que tenhamos hoje recursos em caixa para sair contratando, não é assim que funciona. Precisamos gerar estas receitas previstas em orçamento, por isso trabalhamos com responsabilidade - explicou à Rádio Brasil.