Zé Ricardo vai comandar o Fla neste domingo (Gilvan de Souza / Flamengo)

Zé Ricardo foi expulso no fim do primeiro tempo (Gilvan de Souza / Flamengo)

LANCE!
03/07/2016
18:35
São Paulo (SP)

O técnico do Flamengo, Zé Ricardo, que viu da arquibancada o Corinthians construir a goleada deste domingo sobre o Rubro-Negro, identificou um desespero por parte dos jogadores após o Timão abrir o placar na Arena Corinthians. Nesse cenário, o Fla acabou concedendo quatro gols na etapa final e foi atropelado.

- Após o primeiro gol, a equipe se desesperou, cedeu espaços. O time deles é muito forte do meio para frente. os espaços acabaram acontecendo e o resultado veio de forma cruel para a gente. Mas a competição exige força em todos os aspectos, nosso psicológico tem que entrar forte também - analisou o treinador.

Zé Ricardo foi expulso nos minutos finais do primeiro tempo, após contestar o fato de Heber Roberto Lopes não ter dado nem falta depois de um duro carrinho de Fagner em Ederson. O treinador do Flamengo ainda questionou se a postura do árbitro seria a mesma com outro treinador.

- Eu estava bem próximo ao lance. O Fagner tentou atingir a bola, mas acertou o Ederson. Falei para o Heber que ele não acertou a bola. Não falei nada agressivo. Acho que minha exclusão foi um ato covarde, não sei se ele tomaria a decisão com outro treinador. Se foi o braço que incomodou ele, bastava ele pedir para abaixar. Eu não falo palavrão na beira do campo. Ele de forma direta me excluiu. Mas cada um com sua consciência - completou o técnico do Fla.

Por causa da goleada, o Flamengo parou nos 20 pontos e agora é o sétimo colocado do Brasileirão.