icons.title signature.placeholder David Nascimento e Luiz Gustavo Moreira
icons.title signature.placeholder David Nascimento e Luiz Gustavo Moreira
19/08/2015
09:05

O Flamengo vive numa gangorra sem fim desde o início desta temporada. O time de Cristovão Borges, que iniciou 2015 nas mãos de Vanderlei Luxemburgo, alia boas atuações com apresentações abaixo da média. Na busca de retomar a confiança para, enfim, viver dias melhores, nada melhor do que um confronto com um rival, que era sinônimo de felicidade para o Rubro-Negro há pouco tempo. O LANCE! transmite a partida contra o Vasco, às 22h, em tempo real, com o aquecimento começando às 20h.

Com a defesa em péssima fase (foram nove gols sofridos nos últimos quatro jogos), sair do Maracanã nesta quarta-feira sem sofrer gols será uma vitória pessoal para o setor do Flamengo, que foi muito criticado nos últimos dias, principalmente depois da atuação pífia diante do Palmeiras, quando César Martins e Samir bateram cabeça e o Rubro-Negro voltou de São Paulo como uma derrota de 4 a 2 em uma partida que foi dominada pelos cariocas.

- Nosso time está na busca pelo equilíbrio e vai trabalhar para isso. Como coletivo tem que dar aquele algo a mais. A gente vai trabalhar para corrigir os erros e conseguir bons resultados nos próximos jogos - afirmou o apoiador Ederson, que marcou os gols do Flamengo no Allianz Parque e será titular nesta noite.

Outro problema que precisa ser contornado por Cristovão Borges é a falta de gols do centroavante Paolo Guerrero, principal contratação da temporada. Depois de um início avassalador, com três gols e três vitórias nos três primeiros jogos vestindo a camisa rubro-negra, o peruano passou em branco nas quatro últimas partidas que disputou. O último gol dele foi na estreia no Maracanã, na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, que completou um mês nesta terça-feira.

- Guerrero ficou um mês sem fazer gol, mas isso é normal por conta da adaptação. Logo ele vai voltar a fazer muitos gols e continuará agradando a torcida do Flamengo - afirmou o lateral-esquerdo Jorge, que concedeu entrevista coletiva na terça-feira, após o treinamento no Ninho do Urubu, em Vargem Grande.

São muitos problemas para superar, Flamengo! Nesta quarta-feira tem chance!

PROBLEMAS A RESOLVER PELO FLAMENGO

Seca de gols - Principal contratação do Flamengo na temporada e um dos maiores centroavantes do futebol brasileiro atualmente, Guerrero não balança as redes há mais de um mês. O último gol do peruano foi contra o Grêmio, na vitória por 1 a 0, no Maracanã. Sem ele em boa fase, o time caiu de produção.

Defesa esburacada - A zaga do Flamengo está uma verdadeira peneira nos últimos jogos. Foram nove gols sofridos em quatro partidas. O time tem a segunda pior defesa do Brasileiro, empatado com o Avaí, com 28 gols sofridos. A pior é justamente o Vasco, com 31 gols levados.

Instabilidade do técnico - Cristovão ainda não convenceu nenhum rubro-negro de que ele é o nome certo para comandar o time. Com substituições equivocadas e escalações duvidosas, ele vive balançando no cargo e pode não resistir a uma sequência negativa.

Convocações - Se não tem um elenco de dar inveja aos rivais, o Fla ainda sofre com as frequentes convocações de jogadores para as suas respectivas seleções. Em breve, o time perderá Guerrero (seleção peruana), Armero (seleção colombiana) e Jorge (Seleção Brasileira Olímpica). Cristovão precisará quebrar a cabeça.

Pedra no sapato - Freguês do Flamengo nos últimos anos, o Vasco – empolgado com as declarações do presidente Eurico Miranda - virou uma verdadeira tormenta para o Flamengo em 2015. O Cruz-Maltino eliminou o Fla nas semifinais do Carioca e venceu por 1 a 0 no turno do Brasileirão.

Entrosamento - O Flamengo praticamente montou o time durante a temporada. Reforços como Ederson, Alan Patrick, Sheik e Guerrero vieram com a temporada já em andamento. O primeiro, que estava em pré-temporada com a Lazio (ITA), ainda não se encontra na melhor forma física.

E MAIS:
> Com 300 pessoas, Cacau Cotta apresenta propostas de chapa à presidência do Flamengo
> Protesto contra escalação de auxiliares no clássico é feito pelo Flamengo
> Clássico entre Flamengo e Vasco já tem 26 mil bilhetes vendidos
> Polícia apura se meia Bernardo mentiu sobre vazamento de vídeo íntimo

O Flamengo vive numa gangorra sem fim desde o início desta temporada. O time de Cristovão Borges, que iniciou 2015 nas mãos de Vanderlei Luxemburgo, alia boas atuações com apresentações abaixo da média. Na busca de retomar a confiança para, enfim, viver dias melhores, nada melhor do que um confronto com um rival, que era sinônimo de felicidade para o Rubro-Negro há pouco tempo. O LANCE! transmite a partida contra o Vasco, às 22h, em tempo real, com o aquecimento começando às 20h.

Com a defesa em péssima fase (foram nove gols sofridos nos últimos quatro jogos), sair do Maracanã nesta quarta-feira sem sofrer gols será uma vitória pessoal para o setor do Flamengo, que foi muito criticado nos últimos dias, principalmente depois da atuação pífia diante do Palmeiras, quando César Martins e Samir bateram cabeça e o Rubro-Negro voltou de São Paulo como uma derrota de 4 a 2 em uma partida que foi dominada pelos cariocas.

- Nosso time está na busca pelo equilíbrio e vai trabalhar para isso. Como coletivo tem que dar aquele algo a mais. A gente vai trabalhar para corrigir os erros e conseguir bons resultados nos próximos jogos - afirmou o apoiador Ederson, que marcou os gols do Flamengo no Allianz Parque e será titular nesta noite.

Outro problema que precisa ser contornado por Cristovão Borges é a falta de gols do centroavante Paolo Guerrero, principal contratação da temporada. Depois de um início avassalador, com três gols e três vitórias nos três primeiros jogos vestindo a camisa rubro-negra, o peruano passou em branco nas quatro últimas partidas que disputou. O último gol dele foi na estreia no Maracanã, na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, que completou um mês nesta terça-feira.

- Guerrero ficou um mês sem fazer gol, mas isso é normal por conta da adaptação. Logo ele vai voltar a fazer muitos gols e continuará agradando a torcida do Flamengo - afirmou o lateral-esquerdo Jorge, que concedeu entrevista coletiva na terça-feira, após o treinamento no Ninho do Urubu, em Vargem Grande.

São muitos problemas para superar, Flamengo! Nesta quarta-feira tem chance!

PROBLEMAS A RESOLVER PELO FLAMENGO

Seca de gols - Principal contratação do Flamengo na temporada e um dos maiores centroavantes do futebol brasileiro atualmente, Guerrero não balança as redes há mais de um mês. O último gol do peruano foi contra o Grêmio, na vitória por 1 a 0, no Maracanã. Sem ele em boa fase, o time caiu de produção.

Defesa esburacada - A zaga do Flamengo está uma verdadeira peneira nos últimos jogos. Foram nove gols sofridos em quatro partidas. O time tem a segunda pior defesa do Brasileiro, empatado com o Avaí, com 28 gols sofridos. A pior é justamente o Vasco, com 31 gols levados.

Instabilidade do técnico - Cristovão ainda não convenceu nenhum rubro-negro de que ele é o nome certo para comandar o time. Com substituições equivocadas e escalações duvidosas, ele vive balançando no cargo e pode não resistir a uma sequência negativa.

Convocações - Se não tem um elenco de dar inveja aos rivais, o Fla ainda sofre com as frequentes convocações de jogadores para as suas respectivas seleções. Em breve, o time perderá Guerrero (seleção peruana), Armero (seleção colombiana) e Jorge (Seleção Brasileira Olímpica). Cristovão precisará quebrar a cabeça.

Pedra no sapato - Freguês do Flamengo nos últimos anos, o Vasco – empolgado com as declarações do presidente Eurico Miranda - virou uma verdadeira tormenta para o Flamengo em 2015. O Cruz-Maltino eliminou o Fla nas semifinais do Carioca e venceu por 1 a 0 no turno do Brasileirão.

Entrosamento - O Flamengo praticamente montou o time durante a temporada. Reforços como Ederson, Alan Patrick, Sheik e Guerrero vieram com a temporada já em andamento. O primeiro, que estava em pré-temporada com a Lazio (ITA), ainda não se encontra na melhor forma física.

E MAIS:
> Com 300 pessoas, Cacau Cotta apresenta propostas de chapa à presidência do Flamengo
> Protesto contra escalação de auxiliares no clássico é feito pelo Flamengo
> Clássico entre Flamengo e Vasco já tem 26 mil bilhetes vendidos
> Polícia apura se meia Bernardo mentiu sobre vazamento de vídeo íntimo