icons.title signature.placeholder Pedro Barboza
icons.title signature.placeholder Pedro Barboza
21/08/2015
18:13

Gritos, aplausos, cobranças, elogios e muita conversa. Esse foi o primeiro contato de fato de Oswaldo de Oliveira com os jogadores do Flamengo, na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. O treinador, porém, só teve a oportunidade de iniciar o novo planejamento de trabalho com os reservas, já que os titulares realizaram apenas um trabalho na academia, e um futevôlei no campo dois.

O treino, que se iniciou por volta das 15h30, acabou no fim da tarde, aproximadamente às 17h40. Em campo, os reservas se misturaram com os jovens campeões estaduais sub-20 para um trabalho tático, onde Oswaldo cobrou dedicação, atenção e, principalmente, empenho dos novos comandados, que precisaram suar a camisa para agradar o treinador.

Oswaldo montou a equipe com: César; Ayrton, César Martins, Samir e Armero, Jonas, Luiz Antonio, Alan Patrick; Kayke, Gabriel e Paulinho. Enquanto do outro lado, Anderson Pico, Jajá e Almir completavam o time que tinha Matheus Sávio, Douglas Bágio e outros jovens da base.

Sempre que podia, Oswaldo parava o treinamento, esbravejava, apontava os erros e recomeçava exigindo perfeição nos movimentos. Nos intervalos, reunia o grupo no centro de campo para dar algumas dicas.

Com isso, o novo treinador terá apenas o sábado para tentar dar cara nova ao Flamengo que pega o São Paulo, domingo, no Maracanã, no primeiro jogo do returno do Campeonato Brasileiro.


Gritos, aplausos, cobranças, elogios e muita conversa. Esse foi o primeiro contato de fato de Oswaldo de Oliveira com os jogadores do Flamengo, na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. O treinador, porém, só teve a oportunidade de iniciar o novo planejamento de trabalho com os reservas, já que os titulares realizaram apenas um trabalho na academia, e um futevôlei no campo dois.

O treino, que se iniciou por volta das 15h30, acabou no fim da tarde, aproximadamente às 17h40. Em campo, os reservas se misturaram com os jovens campeões estaduais sub-20 para um trabalho tático, onde Oswaldo cobrou dedicação, atenção e, principalmente, empenho dos novos comandados, que precisaram suar a camisa para agradar o treinador.

Oswaldo montou a equipe com: César; Ayrton, César Martins, Samir e Armero, Jonas, Luiz Antonio, Alan Patrick; Kayke, Gabriel e Paulinho. Enquanto do outro lado, Anderson Pico, Jajá e Almir completavam o time que tinha Matheus Sávio, Douglas Bágio e outros jovens da base.

Sempre que podia, Oswaldo parava o treinamento, esbravejava, apontava os erros e recomeçava exigindo perfeição nos movimentos. Nos intervalos, reunia o grupo no centro de campo para dar algumas dicas.

Com isso, o novo treinador terá apenas o sábado para tentar dar cara nova ao Flamengo que pega o São Paulo, domingo, no Maracanã, no primeiro jogo do returno do Campeonato Brasileiro.