Oswaldo de Oliveira (Foto: Gilvan de Souza/CR Flamengo/Divulgação

Oswaldo de Oliveira mostrou-se cauteloso (Foto: Gilvan de Souza/CR Flamengo/Divulgação

Pedro Barboza
13/11/2015
13:13
Rio de Janeiro (RJ)

Ainda restam quatro rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro. Mesmo diante desta panorama a diretoria rubro-negra já vem trabalhando internamente para tentar reforçar o elenco para as próximas temporadas, com diversos jogadores no radar. Por outro lado, a situação de quem fica e quem sai em 2016 ainda não foi definida no Flamengo. Até mesmo o técnico Oswaldo de Oliveira, que tem contrato até o fim do ano, mostrou-se um tanto quanto distante dos fatos até o fim das eleições no clube.

"Estou na minha, pois tem uma eleição no dia 7 de dezembro, e de lá em diante que as coisas podem se resolver."

- Não estou trabalhando nada ainda... Estou na minha, pois tem uma eleição no dia 7 de dezembro, e de lá em diante que as coisas podem se resolver. Até lá estou quietinho na minha, vamos aguardar - afirmou o treinador, que não é unanimidade entre a diretoria rubro-negra.

Mesmo diante da incerteza, Oswaldo não escondeu a satisfação de poder ser o treinador do Flamengo em uma data história para o clube, como os 120 anos, que será comemorado no próximo domingo, no amistoso com o Orlado City

- O Flamengo comemorando 120 anos é motivo de orgulho para todos, pela história. O importante é a data, e que se ressalte o aniversário do Flamengo. Estou feliz por estar fazendo parte deste momento. Acho legal, pois tudo que se passa com relevância é importante. Para o jogo, minha ideia é ter 11 substituições, como fizemos em Vitória, tentando utilizar o máximo que a gente possa - explicou.

Desde o retorno ao Flamengo, Oswaldo de Oliveira conseguiu uma sequência de seis vitórias consecutivas no Brasileirão, depois sete derrotas nos nove jogos seguintes, com outras duas vitórias.