Copa Sul - minas - Rio - Atletico Mineiro x Flamengo (foto:Yuri Edmundo/Eleven )

Muricy Ramalho elogiou a equipe após a vitória sobre o Atlético-MG no Mineirão (Foto: Yuri Edmundo/Eleven)

João Matheus Ferreira
28/01/2016
09:30
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo que começou o jogo contra o Galo mostrou os defeitos que já havia apresentado nos amistosos contra Ceará e Santa Cruz: dificuldade na saída de bola, movimentação ruim e enorme espaçamento entre os setores. Até então, a perspectiva para a temporada que mal começou não era boa.

No entanto, o Rubro-Negro voltou para o segundo tempo diferente. Antes mesmo do gol, aos 22 minutos, marcado pelo peruano Paolo Guerrero, o Flamengo já mostrava uma evolução. Melhorou a saída de bola e teve maior intensidade no ataque. O crescimento, diga-se de passagem, teve relação com a entrada de Marcelo Cirino, algo que já havia acontecido contra o Ceará. Não à toa, saiu dos pés dele o passe para o gol de Guerrero.

Há de se destacar, também, o posicionamento diferente da equipe durante a vitória sobre o Atlético-MG. Ao contrário do 4-1-4-1 esboçado nos primeiros treinos e jogos de 2016, o técnico Muricy Ramalho testou uma alternância entre 4-4-2 (defesa) e 4-2-3-1 (ataque). Emerson Sheik jogou recuado e mais centralizado, atrás de Guerrero. Gabriel e Everton - no primeiro tempo - e Cirino e Chiquinho - no segundo - atuaram aberto pelas pontas do campo.

Muricy, no entanto, ainda precisa melhorar a marcação do time, sobretudo na transição defensiva. Como ele pede que o time tenha o controle da bola e troque passes até chegar ao setor ofensivo, a recomposição se torna fundamental. Todavia, ainda está longe de ser eficiente. A cada passe errado ou escanteio rebatido errado, o contra-ataque vira um completo desespero.

É bom destacar, porém, que o fim do jejum de Guerrero - cinco meses - representa muito para todo o elenco, que já estava incomodado com a pressão em cima do peruano. Fez logo dois e calou os críticos. Que sirva de inspiração para todo o elenco rubro-negro neste início de temporada.