Roberto Assaf
03/02/2016
23:43
Rio de Janeiro (RJ)

Um gol numa tabela de zagueiros abriu a vitória do Flamengo, 2 a 0 sobre o Macaé, no Moacyrzão, pelo Estadual do Rio. O Rubro-Negro, dessa vez, pelo menos manteve ritmo igual nos dois tempos, o suficiente para conquistar os três pontos. A partida valeu sobretudo pela disposição de Rodinei e de Marcelo Cirino, e pela jogada de Jorge, que garantiu o resultado. Clique aqui e veja como foi a partida lance a lance.

O jogo começou e nada de novo sob a lua. O time da Gávea tentando superar a retranca do adversário. E sofrendo nas raras vezes em que a equipe azul saía para os contra-ataques, pois a defesa se atrapalhava com facilidade, e só não levava gol dada a fragilidade contrária. Mas foi o Flamengo que criou efetivamente as chances. Aos 13 minutos, Marcelo Cirino tocou de letra na pequena área e Willian Alves conseguiu mandar para escanteio. Aos 32, Emerson acertou uma pancada de longe e o goleiro espalmou. Aos 40, Guerrero marcou, mas o árbitro anulou, pois o peruano estava em posição irregular.

Aos 44, Wallace tabelou com Juan na área e completou rasteiro à direita: 1 a 0. O zagueiro não comemorou. Mas a torcida, sem outra opção, foi obrigada a aplaudi-lo. 

A partida valeu sobretudo pela disposição de Rodinei e de Cirino, e pela jogada de Jorge, que garantiu o resultado para o Fla

No intervalo, o Macaé trocou Marques por Bruno Luiz, e voltou mais solto, continuando assim a confundir a retaguarda rubro-negra, com a mesma dificuldade, no entanto, de concluir, a exemplo do Flamengo, que desperdiçou duas oportunidades. Numa, aos sete, Guerrero tocou de bico por cima. Na outra, aos 10, Emerson, livre e de frente, se enrolou e acabou perdendo a bola. Aos 21, Muricy Ramalho substituiu Alan Patrick por Everton. E o juiz ignorou um pênalti de Márcio Araújo em Gedeílson. Assim, quando a torcida já temia a repetição da partida anterior – vencia por 1 a 0 e tomou um gol bobo – Jorge fez jogada espetacular pela direita e cruzou de canhota para a cabeçada de Marcelo Cirino: 2 a 0.

Daí em diante, restando pouco mais de 15 minutos, só um milagre poderia levar o Macaé a uma reação, que é claro, não ocorreu.

FICHA TÉCNICA
MACAÉ 0X2 FLAMENGO


Local: Moacyrzão, em Macaé (RJ)
Data/Hora: 3/2/2016, às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Silbert Sisquim (RJ) e Andréa Mafra (RJ)
Público e renda: 3.926 pagantes / R$ 150.870,00
Cartões amarelos: Bruno Luiz e Thiago Cardoso (Macaé); Wallace (Flamengo)
Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Wallace, 44'/1T (0-1); Marcelo Cirino 31'/2T (0-2)

Macaé: Willian Alves, Gedeilson, Kleber Viana (Matheus Cambuci, aos 33’/2T), Thiago Cardoso e Ebert (Dieguinho, aos 25’/2T); Dos Santos, Wagner Carioca, Luis Mário, Marques (Bruno Luiz, intervalo) e Marquinho; Pipico - Técnico: Toninho Andrade

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo; Wilian Arão, Alan Patrick (Everton, aos 21’/2T), Marcelo Cirino (Gabriel, aos 32’/2T) e Emerson; Guerrero - Técnico: Muricy Ramalho.