Guerrero em Brasília

Guerrero ficou ausente da atividade (Foto: GIlvan de Souza/Fla)

Pedro Barboza
25/11/2015
11:37
Rio de Janeiro (RJ)

O clima já é de férias no Ninho do Urubu, na penúltima semana de treinamentos. Três dias depois do empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, em Brasília, os jogadores se reapresentaram e fizeram um trabalho técnico, porém, sem a presença de três jogadores. Guerrero foi poupado com dores no tornozelo esquerdo, além de Sheik, que levou um chute na canela, enquanto o jovem Jorge ficou apenas na academia para reforço muscular.

A novidade ficou pelo retorno de Marcelo Cirino, que participou pela primeira vez de um treino com todo o grupo, após a artroscopia. Além disso, Alan Patrick deixou o gramado mais cedo com dores na coxa esquerda. Ederson, por sua vez, deu continuidade aos treinos físicos. De acordo com a assessoria de imprensa, Alan Patrick teve um desconforto no adutor da coxa esquerda e foi poupado, e Ederson segue programação da comissão técnica.


O técnico Oswaldo de Oliveira ficou boa parte do treinamento observando do alto, no container dos analistas de desempenho, dando instruções e ajustando o posicionamento dos jogadores.

O Flamengo segue treinamento pela manhã até o sábado, quando viaja para Curitiba, para encarar o Atlético-PR, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada. Com 49 pontos, o Rubro-Negro ocupa a 11ª colocação.