Giulite Coutinho pode ser a casa do Fla no Estadual (Foto:  Sandro Vox/America Rio)

Giulite Coutinho deve receber o Flamengo nos jogos contra pequenos no Estadual (Foto: Sandro Vox/America Rio)

João Matheus Ferreira
15/01/2016
06:00
Enviado especial a Mangaratiba (RJ)

O Flamengo deve oficializar nesta sexta-feira, na reunião do Conselho Arbitral da Ferj, a "casa" que vai utilizar nos jogos contra times pequenos no Campeonato Carioca: o Giulite Coutinho, na Baixada Fluminense. Nos últimos dias, a diretoria intensificou as negociações e deixou o acordo muito bem encaminhado com a diretoria do América, clube que é dono do estádio.

- Deve ser lá sim - confirmou ao LANCE! o diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, através de mensagem no celular.

Pesa a favor do Giulite Coutinho a proximidade da capital. A distância entre o hotel onde a delegação se concentra, na Barra da Tijuca, para o estádio, é de 40 quilômetros (cerca de uma hora). Assim, a diretoria não precisa mexer na logística do elenco. Caso optasse pelo Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, ou Moacyrzão, em Macaé, teria que viajar e até passar a noite nas cidades. Para completar, para a torcida também é melhor: a estação de trem Edson Passos fica bem perto do estádio, que também é chamado por este nome.

Vale lembrar, porém, que o Giulite Coutinho não pode receber clássicos. Assim, tanto o Flamengo quanto os outros grandes do Rio teriam de entrar em um acordo para definir a "casa" dos clássicos no Estadual, já que tanto o Maracanã quanto o Nilton Santos estão impossibilitados de receber jogos. O único estádio que pode sediar um clássico com torcidas divididas (50% para cada) é o Raulino de Oliveira. São Januário e Moacyrzão só com "90% a 10%". Tudo isso provavelmente será definido na arbitral desta sexta, na Ferj.