LANCE!
15/10/2017
21:26
Rio de Janeiro (RJ)

Eleito duas vezes o melhor jogador do Brasil, o meia Everton Ribeiro teve uma atuação ruim na vitória do Flamengo sobre a Chapecoense, na Arena Condá, por 1 a 0. Ele perdeu um pênalti no segundo tempo, quando o jogo estava empatado, mas foi 'salvo' por Diego, que balançou a rede alguns minutos depois. Após a partida, o camisa 7 tentou explicar o erro.

- Ultimamente, eles (goleiros) vêm estudando bastante, os últimos dois pênaltis bati naquele canto. Poderia ter mudado, esperei ele sair, não saiu. É o jeito que eu bato, e ele acabou acertando o canto - disse o meia à ESPN, referindo-se à movimentação do goleiro Jandrei.

Everton Ribeiro olhou fixamente para o goleiro da Chape antes de cobrar, mas praticamente recuou a bola, batendo no canto onde costumar acertar. O camisa 7 recebeu a bola das mãos de Diego e assumiu a responsabilidade para bater. Guerrero não pediu a bola.

O meia parabenizou o companheiro Diego pelo belo gol marcado contra a Chape. Ele destacou que todos os jogadores estão unidos.

- Tivemos paciência, fizemos o gol, parabéns para o Diego, que voltou e nos ajudou. Está todo mundo junto pela retomada das vitórias. Estava difícil, mas que seja a vitória da vontade, da inteligência, que seja a retomada para a gente fazer um bom final de temporada - comentou.