HOME - San Lorenzo x Corinthians - Libertadores - Edgardo Bauza (Foto: Javier Soriano/AFP)

Edgardo Bauza pode ser o comandante rubro-negro (Foto: Javier Soriano/AFP)

David Nascimento e Pedro Barboza
26/11/2015
18:37
Rio de Janeiro (RJ)

A permanência do técnico Oswaldo de Oliveira está praticamente descartada para o ano que vem. Por isso, o Flamengo já vem passando um pente-fino no mercado, até mesmo fora do país, antes mesmo da eleição que acontece no próximo dia 7 de dezembro. Com isso, além de Muricy Ramalho, Abel Braga e Cuca, o nome do argentino Edgardo Bauza, do San Lorenzo, entra na lista de possibilidades para comandar o clube nas próximas temporadas.

A situação, porém, é que o treinador também é visto como uma das possibilidades para substituir Levir Culpi, que deixou o comando do Atlético-MG nesta quinta-feira. Assim como Muricy também está bem alinhado com o time mineiro.

Bauza tem contrato com o time do Papa Francisco até o final da temporada, porém, a tendência é que não permaneça no San Lorenzo. As conversas para tentar trazer o treinador argentino começaram no mês passado, quando o Flamengo negociava para jogar com a equipe hermana no amistoso de 120 anos do Fla. 

Plínio Serpa Pinto (chefe de gabinete da presidência) e Alexandre Wrobel (vice-presidente de patrimônio) tiveram um encontro na Argentina com Edgardo Bauza. Na ocasião, a reunião aconteceu no período que Argentina e Brasil se enfrentaram pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

A viagem do vice de finanças Cláudio Pracownik a Buenos Aires, no início deste mês, também fez com que o o relacionamento estreitasse entre as partes. Na conta pessoal no Twitter, Pracownik chegou a postar: "Alguma coisa muito boa pode estar nascendo em Buenos Aires! #mibuenosairesquerido"

A decisão, porém, só sairá depois da eleição presidencial do Flamengo, que acontece no dia 7 de dezembro. Aí sim, o planejamento de 2016 poderá ser bem alinhado.